Canto da primavera começa nesta quinta-feira

A edição contará com duas fases e uma programação que prestigia artistas goianos

Postado em: 20-10-2016 às 06h00
Por: Redação
A edição contará com duas fases e uma programação que prestigia artistas goianos

Júnior Bueno

A Cidade de Goiás que nos perdoe, mas Pirenópolis é a cidade mais cultural do Estado, com eventos anuais regulares voltados para literatura, cinema, gastronomia e música. O município que oferece um charme antigo em suas ruas e casas possui estrutura para atender bem os turistas, tanto no Centro Histórico quanto nas cachoeiras próximas. Some-se a isso a adesão dos moradores aos eventos; é sempre agradável estar em “Piri”. E é sempre bom quando há infraestrutura para que a cultura possa ser prestigiada. Em 2016, o Canto da Primavera vai de fato ocorrer na estação das flores. 

Com mais de 40 apresentações artistas na grade de programação, rodas de conversa e oficinas musicais, o Canto da Primavera 2016 começa, hoje, em uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), com parceria da Rede Sociocultural. É a 17ª edição do festival, que já se pode proclamar tradicional no calendário cultural de Goiás.

Continua após a publicidade

Uma das novidades desta edição será a realização do evento em duas fases. De 20 a 23 de outubro, o público poderá conferir shows acústicos, em locais fechados, e, de 27 a 30 de outubro, shows tradicionais. Todas as atividades do evento são gratuitas. Para a primeira noite do festival, o Teatro Sebastião Pompeu de Pina abre as portas para um encontro que promete ser marcante. Com a fusão da música instrumental e da MPB, Carlos Malta e Pife Muderno dividem o palco com Lenine. 

Além das apresentações nacionais que transitam por diversos gêneros musicais, como samba, rock, choro, percussão, MPB, música clássica e erudita, o festival traz, no segundo fim de semana, a banda argentina Babel Orkesta. O show será o último da noite de quinta-feira (27), no Palco Principal do evento, e trará uma apresentação inesquecível com a estética explosiva do grupo.

Como uma forma de valorizar a diversidade da cultura goiana, 30 espetáculos regionais – entre shows e concertos clássicos – foram selecionados para se apresentarem no evento. A seleção pública foi realizada pela Seduce em conjunto com a Emac UFG e a Sociedade Goiana de Música, entidades que atuaram como consultoras no processo.
 
Oficinas

Atração à parte no festival, as oficinas, que contemplam a programação do evento, atendem todos os gostos. No primeiro fim de semana, serão oferecidas as oficinas de baixo com Ney Conceição (RJ), de guitarra com Faíska (SP) e de bateria com Robertinho Silva (RJ). As crianças serão contempladas com a oficina Cantinho Sonoro, de Isabella Rovo e Victor (GO), e com a oficina Comicidade Musical, do Circo Bambulengo.

Já no segundo fim de semana, Éder, O Rocha, de Pernambuco, oferece sua oficina de percussão; o mineiro Zé Helder e o paulista Ricardo Vignini ensinam viola caipira, e Rogério Caetano, de Brasília, violão popular brasileiro. E para as crianças serão oferecidas as oficinas Lixo Ritmado, com o grupo goiano Vida Seca, e Bumba Meu Boi, com Noel Carvalho. A programação completa de shows e oficinas podem ser conferidas no site do Canto da Primavera 2016: canto2016.com.br.
 
SERVIÇO:

Canto da Primavera 2016
Quando: De 20 a 23 de outubro e de 27 a 30 de outubro de 2016
Onde: Pirenópolis (GO)
Entrada gratuita

Veja Também