‘Hipster da Federal’ sobre sucesso na web: “Só fazendo o meu trabalho”

Lucas Valença, policial federal que roubou os holofotes durante a prisão do ex-de­putado Eduardo Cunha na última quarta-feira (19), falou ao Ego

Postado em: 22-10-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa

Lucas Valença, policial federal que roubou os holofotes durante a prisão do ex-de­putado Eduardo Cunha na última quarta-feira (19), falou ao Ego sobre o sucesso rápido que gerou. Ainda atordoado pelo furacão que o colocou nas manchetes dos principais veículos do País, Lucas foi educado, mas preferiu manter a discrição: “Estava só fazendo o meu trabalho”. O policial barbudo e de cabelos compridos presos em um coque acabou roubando o posto do colega que ficou conhecido como o “Japonês da Federal” e ganhou o apelido de “Hipster da Federal”. Nascido em Posse, interior de Goiás, com apenas 33 mil habitantes, Lucas, de 30 anos, atualmente mora em Brasília e está solteiro. Antes de se tornar policial federal ele cursou Engenharia Elétrica na Universidade Federal de Goiás (UFG) e conta com mais de mais de dez ta­tuagens distribuídas por seu físico ‘sarado’.

Veja Também