Basileu França retoma apresentações presenciais com o espetáculo de ópera ‘Carmen’

Teatro do Centro Cultural Oscar Niemeyer recebe o espetáculo nos dias 1º, 2 e 3 de outubro; ocupação máxima será de 50% da plateia

Postado em: 29-09-2021 às 15h47
Por: Giovana Andrade
Teatro do Centro Cultural Oscar Niemeyer recebe o espetáculo nos dias 1º, 2 e 3 de outubro; ocupação máxima será de 50% da plateia. | Foto: Reprodução

A Escola do Futuro em Artes Basileu França realiza seu retorno presencial nos dias 1º, 2 e 3 de outubro (sexta, sábado e domingo), com o espetáculo Carmen, uma ópera-balé inspirada na composição dramática do compositor Georges Bizet. O evento será realizado no Palácio da Música do Centro Cultural Oscar Niemeyer, às 20 horas.

Os ingressos podem ser retirados pela plataforma Sympla, com a doação de um quilo de alimento não perecível, a ser entregue na portaria do teatro. A ópera será interpretada por alunos da EFG, com elenco que reúne jovens experientes e estreantes. No palco estarão, além do balé, a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás (OSJG).

“O fato de estarmos voltando aos palcos e com público, por si só, já é a mensagem que queremos passar de real felicidade, prazer e emoção. O palco é a nossa casa! Nele nos sentimos vivos, através dele transmitimos e repassamos as nossas emoções”, afirma Simone Malta, diretora artística do balé do Basileu França.

Continua após a publicidade

A obra Carmen, um clássico espanhol em quatro atos, tem a releitura do coreógrafo Binho Pacheco e retrata a condição imposta a muitas mulheres nos dias de hoje, obrigadas a viverem o que não querem. “Carmem é uma figura forte, que luta pelo que quer e acredita, prefere morrer a aceitar a condição imposta”, avalia Pacheco.

A organização destaca que, nos três dias da apresentação do espetáculo presencial, serão seguidos todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, inclusive, com ocupação máxima de 50% da plateia. Os alimentos doados serão destinados às obras sociais da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG).

Veja Também