Coachella não exigirá máscaras, comprovante de vacinação ou testes negativos de Covid-19

Entre os artistas confirmados para o evento estão Anitta e Pabllo Vittar, representantes do Brasil

Postado em: 16-02-2022 às 12h08
Por: Igor Afonso
Entre os artistas confirmados para o evento estão Anitta e Pabllo Vittar, representantes do Brasil | Foto: Reprodução

O Festival Coachella, marcado para acontecer entre os dias 15 e 24 de abril, anunciou que não exigirá o uso obrigatório de máscaras, comprovante de vacinação ou teste negativo contra a Covid-19 aos seus mais de 250 mil visitantes.

Uma atualização foi feita no site do festival com a nova regra que segue as exigências locais da cidade de Indio, na Califórnia. Com a atualização, um aviso foi postado no site, dizendo “A Covid-19 é uma doença altamente contagiosa que pode causar sintomas graves e morte. Existe um risco inerente e alto de exposição à Covid-19 em qualquer espaço público ou com presença de pessoas e não tem nenhuma garantia, explícita ou implícita, de que aqueles que forem ao festival não serão expostos à doença”.

A organização do evento informou também que as regras locais, estaduais e/ou federais podem mudar até abril, assim como exigências de artistas e produtores, e por isso há a possibilidade de mudança na capacidade de público ou exigências para a entrada.

Continua após a publicidade

Entre os artistas confirmados para o evento estão Anitta e Pabllo Vittar, representantes do Brasil.

Veja Também