Antes de eutanásia assistida, ator Alain Delon deixa mensagem de despedida no Instagram

Postado em: 29-03-2022 às 19h26
Por: Augusto Diniz
Artista franco-suíço sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) em 2019. Desde então, tem dito que pretende tirar a própria vida por meio do procedimento, que é autorizado por lei na Suíça | Foto: Reprodução/Instagram

O ator franco-suíço Alain Delon, de 86 anos, escreveu uma mensagem de despedida em francês na sua conta no Instagram na sexta-feira (25/3). A publicação foi feita depois que o filho descobriu que o artista tinha a intenção de cometer uma eutanásia assistida, que seria o ato intencional de proporcionar a alguém uma morte indolor para aliviar o sofrimento causado por uma doença incurável ou dolorosa. No caso de ser assistido, o paciente ingere algum medicamento letal, acompanhado no momento por um profissional de saúde.

“Gostaria de agradecer a todos que me acompanharam ao longo dos anos e me deram grande apoio. Espero que futuros atores possam encontrar em mim um exemplo não só no local de trabalho, mas na vida de todos os dias, entre vitórias e derrotas. Obrigado”, escreveu Alain Delon no Instagram.

O filho Anthony, de 57 anos, chegou a prometer ao pai que o acompanharia na eutanásia assistida, de acordo com o site Le Point. Segundo a publicação do veículo francês, Anthony viveu a mesma situação com a mãe, que pensou em tomar a mesma atitude em decorrência de um câncer no pâncreas em janeiro do ano passado. Mas ela teria desistido. Nathalie Delon morreu aos 79 anos em janeiro de 2021.

Alain Delon vive na Suíça, onde a eutanásia é permitida por lei. Em outra postagem no Instagram, o ator deu suas justificativas para querer dar fim à própria vida. “Tomei minha decisão há muito tempo, acho que minha vida tem sido linda, mas também muito difícil. Nunca gostei de envelhecer, todas essas dores e dificuldades que tenho que enfrentar diariamente me deixam imóvel diante de tudo.”

AVC

O ator sofreu em 2019 um acidente vascular cerebral (AVC). Não é a primeira vez que Alain Delon cogita a possibilidade da eutanásia. No ano passado, o artista disse o seguinte ao canal TV5 Monde: “Considero a coisa mais lógica e natural. A partir de uma certa idade, de um determinado momento, temos o direito de partir com calma, sem passar por hospitais, injeções e coisas do tipo”.

Compartilhe: