Especialização em acessibilidade cultural: inscrições prorrogadas

O objetivo do curso é oferecer formação em acessibilidade cultural para gestores, produtores culturais e trabalhadores da área da cultura, com o objetivo de sensibilizar, estimular e capacitar

Postado em: 19-04-2018 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
O objetivo do curso é oferecer formação em acessibilidade cultural para gestores, produtores culturais e trabalhadores da área da cultura, com o objetivo de sensibilizar, estimular e capacitar

O Ministério da Cultura (MinC) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) prorrogaram até 22 de maio o prazo de inscrição para a III Turma do Curso de Especialização em Acessibilidade Cultural. Serão 360 horas de aula, divididas em nove meses, a partir de junho, com uma semana de aulas por mês. 

O objetivo do curso é oferecer formação em acessibilidade cultural para gestores, produtores culturais e trabalhadores da área da cultura, com o objetivo de sensibilizar, estimular, capacitar e criar processos inclusivos de fruições estética, artística e cultural nas ações, gestões e políticas culturais para pessoas com deficiência, tanto como produtores quanto como plateia.

Continua após a publicidade

“Incluir as pessoas com deficiência no processo de produção e circulação de bens culturais é um dos desafios do Ministério da Cultura”, destaca a secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural do MinC, Débora Albuquerque. “É essencial reconhecer a produção cultural dessas pessoas, facilitar seu acesso a bens culturais, ao fazer cultural e a eventos e garantir que propostas culturais apresentadas pela Pasta contenham rubricas específicas em acessibilidade”, completa.

O curso de especialização, ressalta Débora, é um dos instrumentos para fortalecer as conquistas no campo dos direitos culturais. A atividade tem como proposta abordar políticas, programas e ações culturais, no campo das deficiências e suas especificidades, no contexto da legislação e formação nas diferentes linguagens e tecnologias de acessibilidade cultural.

Incrições

As inscrições serão realizadas exclusivamente pelos Correios por meio de carta registrada. A documentação obrigatória prevista no edital deve ser enviada para a Caixa Postal 68054 – CEP: 21941-971, Av. Carlos Chagas Filho, 373 – Edifício Centro de Ciências da Saúde – Bloco K – 1º andar – Cidade Universitária – Ilha do Fundão – Rio de Janeiro (RJ).

Serão oferecidas 60 vagas, sendo 5 para representantes de Pontos de Cultura devidamente certificados, 5 para produtores culturais que atuem nos ambientes culturais ou em programas e projetos de políticas culturais,  8 para representantes de instituições da sociedade civil que atuem no campo da deficiência e da cultura, 27 para servidores públicos concursados de instituições culturais públicas, 5 para docentes de Cursos de Terapia Ocupacional ou áreas afins de universidades públicas, 5 para servidores técnicos concursados da UFRJ que atuem nos ambientes culturais ou em programas e projetos de políticas culturais e 5 para o Departamento de Terapia Ocupacional da UFRJ. (Ascom/MinC)

SERVIÇO

NOVO CRONOGRAMA

Inscrições: até 22 de maio de 2018

Período de habilitação: de 30 de maio a 1º de junho 

de 2018

Comissão de seleção: de 4 a 5 de junho de 2018

Divulgação dos resultados: 6 de junho de 2018

Prazo de recursos: de 6 a 10 de junho de 2018

Resultado final: 12 de junho de 2018

Matricula para residentes do Rio de Janeiro: 5 e 6 de julho de 2018

Matriculas para residentes de outros estados: 9 de julho de 2018 (9 às 11h) 

Veja Também