Monja Coen Roshi é convidada do Café de Ideias nesta sexta (27)

Convidada possui ativa rotina voltada para orientação de comunidades budistas e é considerada um dos maiores nomes da filosofia no país

Postado em: 26-04-2018 às 14h00
Por: Guilherme Araújo
Convidada possui ativa rotina voltada para orientação de comunidades budistas e é considerada um dos maiores nomes da filosofia no país

Goiânia recebe nesta sexta-feira (27) uma palestra com a
missionária zen budista, escritora e palestrante, Monja Coen Roshi. Com capacidade
limitada, o bate-papo, que acontece no Centro Cultural Oscar Niemeyer, faz
parte da programação do Café de Ideias e tem como tema “Contra a angústia e o
sofrimento ou um caminho para a felicidade”.

Missionária oficial da tradição Soto Shu do Zen Budismo e
primaz fundadora da Comunidade Zen Budista Zendo Brasil. Foi ordenada monja em
1983. Após viver 12 anos no Japão, retornou ao Brasil para liderar, durante
seis anos, as atividades do Templo Busshinji, sede da tradição Soto Shu da
América do Sul.

Continua após a publicidade

Em 2001, foi responsável por fundar a Comunidade Zen
Budista, com sede no Templo Tenzui Zenji, no bairro do Pacaembu em São Paulo.
Ela ainda orienta grupos afiliados no Rio Grande do Sul, Distrito Federal,
Paraíba, Rio de Janeiro e interior de São Paulo (Ribeirão Preto), além de participar
de diversas atividades públicas, incluindo encontros inter-religiosos, buscando
promover o princípio da não violência ativa e da cultura de paz.

A convidada é também autora dos livros “Viva Zen, “Sempre Zen”,
“Palavras do Darma “, “A Sabedoria da Transformação”,
“108 Contos e Parábolas Orientais”, “O Monge e o Touro” e
“O sofrimento é opcional”. 

 

Veja Também