Bebida típica de bares goianos é a inspiração de novo rótulo

A bebida inspirada no Cozumel é a cerveja temática oficial da 20ª edição do Festival Bananada

Postado em: 11-05-2018 às 16h10
Por: Lucas de Godoi
A bebida inspirada no Cozumel é a cerveja temática oficial da 20ª edição do Festival Bananada

Cercado de um contexto de valorização local e integração de tribos musicais, o Festival Bananada chega a sua 20ª edição e desta vez tem como cerveja oficial uma marca artesanal e goiana. A Cerveja Colombina, que desde sua criação em 2014 tem ganhado o mercado cervejeiro e alcançado premiações por suas inovações gustativas. Essas experiências levam ingredientes típicos e locais como Baunilha do Cerrado, Mutamba, Rapadura, Pimenta Bode e até mesmo o Pequi. Essa junção de elementos é performada com maestria pela Colombina, que a cada ano de existência torna claro o objetivo de mostrar a versatilidade dos temperos, frutos e inúmeros sabores encontrados no Cerrado brasileiro.

Contudo a valorização das características locais vai muito além de sabores e aromas, o que ficou claro com o desenvolvimento do mais recente rótulo que se junta à família Colombina. Para a cerveja elaborada especialmente para o Festival, buscou-se incorporar além da experiência sensorial, a tradução de um comportamento. Pode até parecer incomum, mas a Colombina buscou nos bares locais, no comportamento de como os goianos em grande parte consomem a cerveja, a inspiração para à mais nova criação da marca. Foi assim que surgiu a Colombina Bananada Cozumel.

Continua após a publicidade

O sommelier da marca, Alberto Nascimento, explica que a tradicional bebida feita com cerveja, limão e sal é um item presente no cardápio de inúmeros restaurantes, bares e pubs, por mais que a fórmula não seja exclusivamente goiana, pois é replicada em inúmeros estados e leva os mais peculiares dos nomes, a adesão é bem presente em Goiás. “Buscamos traduzir para a cerveja aquele sentimento nostalgia dos botecos que todo mundo tem uma certa afinidade e trazer para essa bebida aquela sensação de frescor e goianidade que é típico dessa mistura. A Colombina Bananada Cozumel é realmente um comportamento que virou cerveja” pontua Nascimento.

A bebida da marca goiana é uma cerveja tipo sour, que são marcadas pela acidez (Ph na casa dos 3.0) resultante da utilização de lactobacilos na produção, acidificando o mosto antes da fermentação alcoólica. O estilo escolhido foi o alemão Leipzig Gose, que tem como uma de suas características o sabor salgado. O que tornou ideal para a elaboração da cerveja feita para a 20ª edição Festival Bananada, cuja a identidade visual está presente na arte do novo rótulo junto aos elementos visuais característicos dos produtos da cervejaria artesanal goiana.

O estudo e cuidado na elaboração de uma cerveja comemorativa, conceitual e cercada de significados condizentes com o propósito do festival, justificam-se pela forte influência do Festival para Patrícia Mercês, diretora geral da Colombina. Ela cresceu acompanhando o evento que em uma de suas primeiras edições teve o restaurante Joãozinho Mercês, comandado por seu pai, como um dos patrocinadores. “Eu sempre sonhei com este momento. Via os flyers do Bananada no restaurante do meu pai e sempre sentia uma certa ligação. Nesta edição, a Colombina se firma como a cerveja oficial do Festival o que torna tudo mais simbólico e gratificante. É realmente uma experiência muito marcante para mim e histórica para a nossa marca”, explica Patrícia que também parabeniza a iniciativa do Festival por ter presente uma Cerveja artesanal e local.

Veja Também