Festival Internacional de Dança de Goiás 2024

Considerado um dos maiores e mais importantes festivais de dança do Brasil, acontece até o dia 7 de julho, no Centro Cultural Oscar Niemeyer

Postado em: 03-07-2024 às 05h15
Por: Leticia Leite
Imagem Ilustrando a Notícia: Festival Internacional de Dança de Goiás 2024
Evento recebe 2,5 mil bailarinos e premiação de R$ 61 mil. 62 cidades de 18 estados e três países serão representadas nesta edição | Foto: Renan Livi

Goiânia se prepara para sediar um dos maiores e mais importantes festivais de dança do Brasil: o Festival Internacional de Dança Goiás 2024 acontece até o dia 7 de julho, no Centro Cultural Oscar Niemeyer. O evento recebe mostras competitivas, workshops, batalha de hip hop, feira com artigos de dança, entre outros. 

O Festival também se destaca por oferecer uma das maiores premiações em dinheiro do segmento da dança no Brasil, que neste ano é de R$ 61 mil. Cerca de 2.500 bailarinos e 133 grupos de 62 cidades de 18 estados brasileiros, além da Colômbia e do Peru, são esperados para esta 9ª edição. 

A programação é diversificada e inclui atrações para todos os gostos, desde apresentações abertas ao público até workshops e masterclasses com profissionais que atuam nos Estados Unidos, Itália, Alemanha, Bélgica, Chile e Brasil. Organizado desde 2012, o evento é realizado pelo Studio Dançarte e pelo Conselho Brasileiro da Dança e conta com o apoio do Governo do Estado de Goiás, por meio da Lei Goyazes, e patrocínio da Piracanjuba.

Continua após a publicidade

Mostra Competitiva

Um dos destaques do evento é a Mostra Competitiva aberta ao público, que permite à comunidade desfrutar de apresentações de alto nível e ficar fascinada pela diversidade da dança. Durante os cinco dias do festival, o público terá a oportunidade de apreciar coreografias em diversas modalidades, como Clássico de Repertório, Clássico Livre, Dança Contemporânea, Jazz, Estilo Livre, Danças Urbanas, Sapateado e Danças Populares/Folclóricas.

Um júri composto por 13 profissionais de renome nacional e internacional é responsável pela avaliação dos participantes e seleção dos vencedores. Além de R$ 60 mil em prêmios em dinheiro, estão em disputa cerca de 30 bolsas de estudos, inclusive residências artísticas internacionais. O prêmio será dividido da seguinte forma: R$ 18 mil para melhor grupo; R$ 12 mil para melhor bailarino; R$ 12 mil para melhor bailarina; R$ 8 mil para bailarino (a) revelação; R$ 8 mil para melhor coreógrafo (a); e R$ 2 mil para prêmio staff.

Os vencedores dos prêmios especiais serão divulgados no domingo (7), a partir das 18h. Os ingressos para a Gala dos Premiados custam R$ 30 (meia-entrada) e R$ 60 (inteira) e podem ser adquiridos no próprio local, no ato do credenciamento antecipado ou na hora do evento. Quem estiver com a pulseira do festival paga meia-entrada.

Batalha de Hip Hop

No dia 7 de julho, às 15h, o festival promove uma Batalha de Hip Hop 1×1. A competição, que será julgada pelos DJ Zaq Babáo e MC Nego Precioso como atrações e Henry Camargo, promete premiação em dinheiro no valor de R$ 1 mil para o grande vencedor. As inscrições para a batalha são gratuitas e podem ser feitas pelo site do festival (dancagoias.com) ou no local do evento, no dia da batalha. As vagas são limitadas.

Workshops

Para quem deseja aprimorar suas habilidades na dança, o festival oferece workshops e masterclasses ministradas por profissionais renomados do Brasil e do exterior. As aulas serão ministradas em diversas formatos, como Ballet Clássico, Contemporâneo, Jazz, Sapateado e Danças Urbanas. As inscrições podem ser feitas no site do festival (dancagoias.com) até o preenchimento das vagas. As taxas variam de R$ 100 a R$ 170, conforme a modalidade escolhida.

Novidade

A grande novidade do Festival é a categoria master, voltada para grupos entre 30 e 50 anos nas modalidades Estilo Livre, Dança Contemporânea, Jazz, Sapateado, Danças Urbanas e Danças Folclóricas. O objetivo da iniciativa é destacar novos talentos e enriquecer a diversidade de expressão artística no cenário da dança.

Júris e docentes internacionais

Como é habitual, o festival conta com profissionais da dança de renome internacional tanto no júri quanto no corpo de professores. Neste ano, marcam presença Bradley Shelver, diretor artístico do Joffrey Ballet School (New York City); Andreza Randisek, primeira bailarina estrela do Ballet de Santiago; Etienne Diaz, diretor do The Rock School for Dance Education (Pensilvânia); Roberto Altamura, diretor artístico do Milano City Ballet; Nicholas Palmquist, coreógrafo internacional; Ricardo Fernando, diretor do Augsburg Ballet (Alemanha); e Anderson Santana, diretor artístico do Ballet de Bruxelas.

O brasileiro Henry Camargo, coreógrafo da Cia. Kahal, também participa desta edição; Filipi Ursão, bailarino e coreógrafo; Flávia Burlini, professora credenciada pela Royal Academy of Dance; e Chris Matallo, reconhecida pelo The New York Times como Carmen Miranda do tap dance. Mais informações sobre o Festival Internacional de Dança Goiás podem ser conferidas no site.

Veja Também