Encontro virtual vai debater Festa do Divino Espírito Santo

Postado em: 23-03-2021 às 17h00
Por: Redação
Evento vai elaborar ações de valorização e divulgação da festa, que é registrada como Patrimônio Cultural do Brasil | Foto: reprodução

Da redação

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), como ações de preservação da festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis, realizará um evento virtual para construir o Plano de Salvaguarda da festa popular. Com o diálogo entre detentores e instituições públicas envolvidas, o encontro será entre os dias 25 de março a 17 de junho.

No evento serão abordados quatro eixos temáticos: Mobilização Social e Alcance da Política; Gestão Participativa no processo de salvaguarda; Difusão e Valorização; e Produção e Reprodução Cultural. Em seguida, a equipe do Iphan-GO fará uma compilação de todas as propostas e a versão segue para aprovação do coletivo deliberativo de detentores.

“Esse é um momento importante em que os detentores e demais envolvidos na manifestação irão traçar metas específicas para a proteção da Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis, a fim de ter sua transmissão garantida, e não correr o risco de extinção”, destaca o superintendente do Iphan-GO, Allyson Cabral.

O Plano de Salvaguarda, que o evento tem como objetivo construir, define as diretrizes, ações e metas a serem realizadas a curto, médio e longo prazos, com o foco na preservação, ou seja, o fomento à Festa do Divino de Pirenópolis para que os valores ligados a ela sejam mantidos e transmitidos para as próximas gerações, criando modos de festejar voltados para a formação do gosto pela tradição em jovens e crianças. O Plano define metas e ações, com base nas principais demandas dos produtores da festa. 

Patrimônio de valor inestimável

A Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis é uma das principais manifestações de devoção religiosa popular do Brasil. Seu primeiro registro é de 1819, realizada sempre no período de Pentecostes, 50 dias após a Páscoa. A celebração articula o passado ao presente, envolvendo permanentemente toda a cidade.

Reconhecida pelo Iphan como Patrimônio Cultural do Brasil em 2010, a manifestação é inscrita no Livro de Registro das Celebrações. Durante quase 30 dias, a comunidade pirenopolina se envolve em novenas, folias, alvoradas, apresentações folclóricas e diversos outros rituais, que incluem as zonas rural e urbana em busca das bênçãos do Divino. Em função da pandemia do Covid-19, desde 2020 a festa não é realizada em sua totalidade.

Confira a programação completa dos encontros virtuais:

25 de março (quinta-feira) – 18h 

Eixo 1: Mobilização Social e Alcance da Política

Link: https://meet.google.com/vtg-asau-wry

15 de abril (quinta-feira) – 18h

Eixo 2: Gestão Participativa no processo de salvaguarda

Link: https://meet.google.com/vtg-asau-wry

13 de maio (quinta-feira) – 18h

Eixo 3: Difusão e Valorização

Link: https://meet.google.com/vtg-asau-wry

17 de junho (quinta-feira) – 18h

Eixo 4: Produção e Reprodução Cultural

Link: https://meet.google.com/vtg-asau-wry

Compartilhe: