Veja as graduações com mais arrependidos; Jornalismo ocupa o 1º lugar

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Georgetown apontou de 87% dos profissionais de Jornalismo se arrependem de ter escolhido este curso

Postado em: 24-11-2022 às 16h56
Por: Maria Gabriela Pimenta
Uma pesquisa realizada pela Universidade de Georgetown apontou de 87% dos profissionais de Jornalismo se arrependem de ter escolhido este curso | Foto: Getty

Você se sente realizado com sua escolha profissional ou faz parte do grupo dos arrependidos? Uma pesquisa realizada pela Universidade de Georgetown (EUA) revelou que 84% dos profissionais que possuem diploma de graduação ganham mais do que os que possuem apenas nível médio. No entanto, o estudo divulgou que 44% dos graduados se arrependem da formação escolhida.

Os maiores arrependidos são os profissionais de Jornalismo, acumulando 87% de insatisfeitos. O número se justifica pelas longas jornadas de trabalho, baixa remuneração e pela desvalorização no mercado de trabalho. Entretanto, existem muitos jornalistas apaixonadas que continuam trabalhando todos os dias pela manutenção da democracia e pela entrega de informação de qualidade.

Logo abaixo, encontra-se os graduados em Sociologia e Artes, com 72% de profissionais que, se pudessem voltar no tempo, escolheriam outro curso.

Continua após a publicidade

Por outro lado, os mais felizes com suas escolhas são os profissionais da área da Ciência da Computação, Criminologia, Engenharia e cursos da área da saúde.

Cursos com mais profissionais arrependidos:

1º – Jornalismo (87%)

2º – Sociologia (72%)

3º – Artes (72%)

4º – Comunicações (64%)

5º – Educação (61%)

6º – Marketing (60%)

7º – Assistência Médica (58%)

8º – Ciências Políticas (56%)

9º – Biologia (52%)

10º – Letras (52%)

Cursos com os profissionais mais satisfeitos:

1º – Ciência da Computação (72%)

2º – Criminologia (72%)

3º – Engenharia (71%)

4º – Enfermagem (69%)

5º – Saúde (67%)

6º – Administração de Empresas (66%)

7º – Finanças (66%)

8º – Psicologia (65%)

9º – Construção (65%)

10º – Recursos Humanos (58%)

Leia também:

Veja Também