Lojas adiantam decoração natalina para atrair clientes

Criar um clima natalino pode motivar o consumidor a comprar, diz presidente da Fecomércio

Postado em: 22-10-2016 às 06h00
Por: Redação
Criar um clima natalino pode motivar o consumidor a comprar, diz presidente da Fecomércio

Milleny Cordeiro

A dois meses do Natal, lojas goianas já começam a aparecer ornamentadas com objetos da época natalina. É o clima da festa chegando mais cedo para dar um “up” nas vendas. O Hoje já mostrou que a intenção de compra do consumidor para os próximos meses poderá continuar baixa, segundo pesquisas realizadas pela Fecomércio Goiás. No entanto, apesar da situação econômica pela qual passa o país, as festas de fim de ano configuram ótimos momentos para as vendas, principalmente nos segmentos de roupas e decoração. 

O Presidente da Fecomércio, José Evaristo dos Santos, confirma que o melhor mês para as vendas em promoção é dezembro. Nesse sentido, os empresários já antecipam a organização do estoque para atender as demandas de fim de ano. Mas não basta só isso, o presidente destaca a importância da decoração natalina, a responsável por colocar o consumidor naquele “clima”. “E não só a loja, decorar a cidade, as praças da capital cria uma motivação nas pessoas”, afirma. 
Sem essa motivação, acredita José Evaristo, a pessoa não compra. E a expectativa de vendas para dezembro próximo está melhor em relação ao ano passado, quando houve quedas de 10,2%; para este ano, a projeção é de 6,6%. 

Continua após a publicidade

Decoração 

Guirlandas, presépios, velas personalizadas, árvores de todos os tamanhos, bolinhas coloridas e os bons velhinhos estão por todo o espaço do Império Luz, loja especializada em iluminação em geral. Para o proprietário, Valterci Nunes da Mata, o natal começa em maio, quando ele vai até uma feira de natal em São Paulo conhecer as tendências e fazer as compras para abastecer o estoque da loja quando, enfim, a época natalina chegar. 

E ela chega mais cedo. Em setembro é que a loja começa a ser decorada para chamar a atenção dos consumidores. Nesse período Valterci já começa a atender clientes, principalmente de condomínios, que contratam os serviços da loja para decorar as fachadas e jardins. Nos outros meses que antecedem esse período, a loja segue com as vendas de lâmpadas, fios, cabos, lustres, painéis de led e refletores. 

Há dois anos em funcionamento, a Império Luz não faturaria o valor ganho hoje se não optasse por trabalhar com ornamentação natalina. E o sucesso dessas vendas está também em antecipar a decoração, até porque, segundo Valterci, outras lojas, prédios e até os shoppings dependem dessa antecipação para comprar os seus objetos. “Se eu não trabalhar dessa forma, eu corro o risco de perder muitas vendas e fazer serviços em cima da hora”, afirma. 

Shoppings

Alguns shoppings de Goiânia já começam a entrar no clima natalino também. No Flamboyant Shopping Center, a estrutura para comemorar o natal começa a ser montada para receber o Papai Noel no dia 3 de novembro. A programação natalina do Passeio das Águas Shopping terá início no dia 15 de novembro, a assessoria não pôde divulgar muitos detalhes, mas garante muitos elementos interativos para receber o público e imergi-los no clima do natal. 

Tendências

Para essa época do ano, as lojas de decoração são as primeiras a cair no gosto dos consumidores. O natal caiu no imaginário coletivo como um momento de confraternização, de reunião com familiares e amigos. Por isso, o desejo de decorar a casa para receber essas pessoas faz com que os consumidores comprem mais cedo os objetos de ornamentação. 

Para este ano, as tendências que chegam para conquistar os compradores são os ramos de folhas e flores coloridas, revestidas de brilhos. Bolas de diferentes texturas e em tamanhos maiores também são as apostas para decorar a árvore de natal. A tendência ainda é trabalhar todos os galhos com objetos da mesma cor, como o dourado ou o azul, além de utilizar tecidos cintilantes que dão um toque especial na decoração.

Veja Também