Conta de luz fica mais cara neste mês com ‘bandeira vermelha’

Postado em: 03-05-2021 às 11h30
Aneel decidiu por taxa adicional de R$ 4,169 para cada 100 kWh consumidos. A medida será adotada em todo o país | Foto: reprodução

A conta de luz subirá neste mês, com a cobrança de taxa adicional de R$ 4,169 para cada 100 kWh consumidos. A medida da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), anunciada na última sexta-feira (30/04), será adotada em todo o país.

O motivo para a adoção da chamada ‘bandeira vermelha’ é devido ao baixo nível dos reservatórios hídricos, consequentemente por causa da estação seca. No mês passado, os consumidores pagavam pela as faturas com a ‘bandeira amarela’ – quando é cobrado um adicional de R$ 1,34 a mais a cada 100 kWh.

A Aneel informa que o “agravamento” de cobrança por bandeira tem a ver com o período do ano, como maio marca o início da estação seca em parte do país, é feita a substituição pela tarifa mais cara.

O órgão aponta que o cenário das principais usinas hidrelétricas já enfrentam um “patamar desfavorável de produção” de eletricidade. E é estimado menos água guardada e maior necessidade de acionamento das termelétricas – cuja produção de energia é mais cara.

“Essa conjuntura sinaliza patamar desfavorável de produção pelas hidrelétricas e elevada necessidade de acionamento do parque termelétrico, pressionando os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) e o preço da energia no mercado de curto de prazo (PLD). A conciliação desses indicadores levou ao acionamento do patamar 1 da Bandeira Vermelha”, citou a Aneel.

Por: Nielton Soares
Compartilhe: