Telemetria melhora a execução e gera benefícios ao agronegócio

Sistema de última geração, criado dentro dos boxes de fórmula 1 é usado no campo na busca por mais eficiência operacional, segurança e proteção ao meio ambiente

Postado em: 07-08-2021 às 17h00
Por: Pedro Jordan
Sistema de última geração, criado dentro dos boxes de fórmula 1 é usado no campo na busca por mais eficiência operacional, segurança e proteção ao meio ambiente | Foto: Redação

Uma tecnologia muito útil e ampla, a telemetria não se restringe apenas a caminhões e carros convencionais, é também uma ótima aliada das máquinas agrícolas, capaz de intensificar os resultados obtidos no campo.

A telemetria consiste em realizar coleta e transmissão de dados à distância. Por meio do equipamento instalado no veículo, as informações de condução são coletadas gerando eventos que são repassados via rede celular (GSM) para o sistema, onde o gestor recebe as informações completas e pode acompanhar cada movimentação e erro de condução do carro.

Com isso é possível ter a análise completa da direção dos veículos e tomar decisões mais assertivas com base nos dados, aplicando ações para melhorar os resultados da produção.

Continua após a publicidade

De acordo com Ana Clara, que é assessora de comunicação da empresa  Rota Gyn, que trabalha no segmento, A telemetria veicular é uma tecnologia que coleta informações de um veículo de forma remota. “Dados como velocidade média e instantânea, distância percorrida, localização, consumo de combustível e tempos de parada são alguns dos índices que o sistema pode captar”, salienta.

Ao agregar tecnologia e agronegócio, e tornar colheita mais inteligente os produtores conseguem economizar tempo, tomar decisões mais assertivas, identificar oportunidades de economia de custos e aumentar a produtividade.

Mas como a telemetria pode ser usada no agronegócio?

O sistema identifica diversos fatores importantes para a melhor gerenciamento das máquinas em campo, como a distância percorrida, a velocidade, o consumo de combustível, a temperatura e rotação do motor, em alguns casos é viável acompanhar o processo de aplicação de insumos, como sementes e fertilizantes, entre outros dados.

A partir dessas informações é possível identificar qual é a condição em que a máquina ou automóvel está sendo operado e verificar quaisquer erros de condução, desvios de rotas e evitar problemas futuros.

Outro benefício é a diminuição dos custos. A partir das informações precisas que são enviadas ao sistema, o gestor tem poder para tomar decisões mais assertivas, resultando em menos custos na hora de aplicar insumos e na manutenção de equipamentos.

Além de gerar mais produtividade, com o controle total do que está acontecendo com os veículos e maquinários na lavoura e com o histórico da operação. A telemetria torna esse processo mais produtivo, possibilitando também a otimização desses dados para o planejamento de futuras safras.

CRIAR QUADRO COM OS TÓPICOS:

Os parâmetros a serem avaliados vão variar conforme a necessidade da empresa, e são diversos, veja abaixo:

  • consumo de combustível
  • posicionamento do veículo
  • velocidade máxima
  • horas trabalhadas
  • local de produção
  • locais de parada
  • velocidade instantânea
  • pressão do óleo do motor
  • pressão do corte de base
  • rotações por minuto do equipamento
  • temperatura do motor
  • horas do equipamento ligado
  • motor ocioso
  • eficiência durante a operação

É uma ferramenta que veio otimizar os meios de produção e provar que o agronegócio é um setor inovador e em crescimento constante.

Veja Também