Com inflação, preço da cerveja vai aumentar até 6% em outubro, anuncia Ambev

A empresa é dona de 60% do mercado brasileiro, e distribui marcas como Skol, Antarctica e Brahma.

Postado em: 29-09-2021 às 14h09
Por: Alice Orth
A empresa é dona de 60% do mercado brasileiro, e distribui marcas como Skol, Antarctica e Brahma. | Foto: Reprodução

A Ambev, maior cervejaria da América Latina, anunciou que os preços de suas cervejas e chopes terão aumento a partir de novembro. A empresa é dona de 60% do mercado brasileiro, e distribui marcas como Skol, Stella Artois, Brahma, Antarctica e Bohemia.

O reajuste, segundo documento divulgado, terá como causa, “em linhas gerais, a variação da inflação, variação de custos, câmbio e carga tributária”. O comunicado informa ainda que “os reajustes podem variar entre regiões, marcas, embalagens e segmentos”. Um levantamento do jornal Folha de S. Paulo apurou que o valor das bebidas deve subir entre 5% e 6%.

“Reforçamos o nosso compromisso com a competitividade das nossas marcas no mercado, visando sempre a boa performance do volume de vendas da indústria”, diz a Ambev.

Continua após a publicidade

Em entrevista à Reuters, o vice-presidente financeiro, Fernando Tennenbaum, afirmou que o desconto praticado por concorrentes levou a uma queda de 2,8% nos volumes de venda de cerveja durante o terceiro trimestre desse ano. “Este comportamento atípico de precificação pelos competidores não é sustentável e é por isso que não vamos fazer o mesmo”, disse.

Veja Também