Auxílio emergencial será prorrogado, confirma Paulo Guedes, mas Ministério da Economia nega

"Somos um time remando pelo Brasil”, disse o ministro.

Postado em: 01-10-2021 às 17h22
Por: Alice Orth
"Somos um time remando pelo Brasil”, disse o ministro. | Foto: Reprodução

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta sexta-feira (1º/10) auxílio emergencial será prorrogado. A declaração foi feita durante o discurso em uma ceriônia do governo, em que ele defendia as ações das pastas.

“Estamos confiantes que o Brasil segue na trajetória do crescimento. O ministro Tarcísio [de Freitas, da Infraestrutura] vai vender mais 22 aeroportos, o ministro [Rogério] Marinho [do Desenvolvimento Regional] vai terminar as obras não concluídas, e o ministro João Roma [Cidadania] vai estender o auxílio emergencial. Então, somos um time remando pelo Brasil”, disse.

Após o discurso, o Ministério da Economia emitiu uma nota de esclarecimento informando que Guedes se referiu à extensão da “proteção aos cidadãos em situação de vulnerabilidade com o novo programa social Auxílio Brasil, que substituirá o Bolsa Família”, e não ao auxílio emergencial.

Veja Também