Liberado pagamento do Auxilio Brasil; confira se recebe hoje e como solicitar o benefício

Postado em: 22-11-2021 às 09h09
Por: Alexandre Paes
O Auxílio Brasil substitui o Bolsa Família e agrega outros programas sociais, saiba as mudanças que ocorreram. | Foto: Reprodução

O governo federal libera nesta segunda-feira (22/11) o pagamento do Auxílio Brasil para inscritos no programa Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de final 4. Com a extinção do Bolsa Família após 18 anos, o novo benefício começou a ser pago na semana passada. O valor médio é de R$ 217,18 mensais, uma quantia 17,8% maior do que a média do beneficio anterior.

O Auxílio Brasil substitui o Bolsa Família e agrega outros programas sociais, entre eles, o Auxílio Esporte Escolar e o Bolsa Iniciação Científica. Confira o que muda com esse novo programa federal, e quem tem direito a receber o principal benefício social do país.

Como funciona o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil contempla nove tipos diferentes de benefícios. O Benefício Primeira Infância é destinado às famílias com crianças entre zero e 36 meses incompletos. Benefício Composição Familiar que é destinado a jovens de 18 a 21 anos incompletos. O Benefício de Superação da Extrema Pobreza que atende as famílias em situação de extrema pobreza mesmo após receber os benefícios anteriores.

Além desses três o novo programa contempla o Auxílio Esporte Escolar, o Bolsa de Iniciação Científica Júnior, o Auxílio Criança Cidadã, o Auxílio Inclusão Produtiva Rural, Auxílio Inclusão Produtiva Urbana e o Benefício Compensatório de Transição. As pessoas ou famílias que recebiam os benefícios anteriores agora serão incluídos na folha do Auxilio Brasil.

A partir deste mês, pelo menos 20 milhões de pessoas que recebiam o auxílio emergencial ficarão sem benefício nenhum. O ministro da Cidadania, João Roma, afirmou que o Auxílio Brasil irá ampliar a cobertura do antigo Bolsa Família dos atuais 14,7 milhões de famílias para 16,9 milhões de famílias até o final do ano, com o objetivo de zerar a atual fila de espera do programa.

A fila é formada por famílias que estão no CadÚnico (cadastro do governo federal para programas sociais) e preenchem os requisitos, mas não recebem o benefício por falta de verba no programa. Cerca de cinco milhões de beneficiários do auxílio emergencial estão no CadÚnico, mas não no Bolsa Família. Se o governo cumprir a promessa de zerar a fila, parte dessas pessoas receberá o Auxílio Brasil até o final de 2021. Outra parte não receberá porque não cumpre os requisitos do programa.

Calendário Auxilio Brasil

Confira as datas de pagamento em novembro e dezembro, de acordo com o número do NIS.

Novembro de 2021

NIS final 1: 17 de novembro de 2021

NIS final 2: 18 de novembro de 2021

NIS final 3: 19 de novembro de 2021

NIS final 4: 22 de novembro de 2021

NIS final 5: 23 de novembro de 2021

NIS final 6: 24 de novembro de 2021

NIS final 7: 25 de novembro de 2021

NIS final 8: 26 de novembro de 2021

NIS final 9: 29 de novembro de 2021

NIS final 0: 30 de novembro de 2021

Dezembro de 2021

NIS final 1: 10 de dezembro de 2021

NIS final 2: 13 de dezembro de 2021

NIS final 3: 14 de dezembro de 2021

NIS final 4: 15 de dezembro de 2021

NIS final 5: 16 de dezembro de 2021

NIS final 6: 17 de dezembro de 2021

NIS final 7: 20 de dezembro de 2021

NIS final 8: 21 de dezembro de 2021

NIS final 9: 22 de dezembro de 2021

NIS final 0: 23 de dezembro de 2021

Compartilhe: