Dia do Amigo: empreendimentos que surgiram de amizades inovadoras

Muitas empresas nasceram da confiança de uma amizade que se tornou uma parceria lucrativa

Postado em: 20-07-2022 às 09h15
Por: Alexandre Paes
Muitas empresas nasceram da confiança de uma amizade que se tornou uma parceria lucrativa | Foto: Divulgação

Dia 20 de julho comemora-se o Dia do Amigo. Nessa data algumas pessoas festejam a ‘amizade de milhões’ que rendeu um investimento ou empreendimento que cresceu conforme as conexões diárias. No mundo dos negócios são inúmeros os casos de empreendedores que encontram na amizade a confiança e coragem para empreender, investindo juntos em um sonho em comum. Há histórias de parcerias que cruzaram a fronteira e de quem viu na conexão a oportunidade de voltar para ‘casa’, por exemplo. 

Segundo o relatório da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), em 2021 a taxa de Empreendedores Estabelecidos teve um aumento de 1,2 ponto percentual, passando de 8,7% em 2020 para 9,9% em 2021. Conheça os sócios que chegaram ao sucesso dividindo tarefas, respeitando as diferenças, juntando esforços, superando dificuldades e ficando ainda mais amigos.

Em 2017, a Talita Queiroz e Karina Novaes, amigas inseparáveis, decidiram juntar a amizade com a vontade de empreender e investiram na SPA Express, franquia de serviços à domicílio, em Recife (PE). Karina não queria mais trabalhar na área de formação, direito, e Talita, formada em fisioterapia, propôs a rede. Pensando em melhorar a renda e abrir o próprio negócio, elas embarcaram de cabeça. 

Continua após a publicidade

A confiança, semelhança de temperamento e pró-atividade de ambas foram os motivos mais que necessários para esse grande passo na vida das duas. “Eu não me vejo fazendo isso com outra pessoa que não ela. O fato de sermos amigas só ajuda no processo! Confiamos muito uma na outra. A divisão de tarefas sempre foi fácil e de comum acordo. Eu brinco que Karina é minha alma gêmea!”, fala Talita. Hoje elas estão abrindo outra franquia da mesma rede, agora em Los Angeles, onde Talita mora atualmente.

Já fora do país e há um bom tempo sem rever amigos e familiares, o Cesar Bueno voltou para o Brasil e viu uma oportunidade de investimento. Há tempos partilhando do mesmo sonho de empreender que o amigo, Wanderson Martins Alaminos, os dois enxergaram em uma empresa odontologia a chance de negócio em meio às incertezas que cercavam o planeta. Foi então que se uniram e abriram uma unidade da clínica no interior de São Paulo. 

“Juntando a minha vontade em voltar e ficar próximo de todos e a oportunidade no negócio, resolvemos abrir algo rentável e que nos desse maior independência. Acredito que essa fase que vivemos de pandemia fortaleceu ainda mais essa ideia e nos encorajou a investir. Temos confiança um no outro desde o tempo de faculdade e sabemos as virtudes e fraquezas de cada um, o que facilita e faz acreditar que o negócio tem maiores chances de dar certo”, aponta Cesar

Um caso bem diferente também aconteceu com Rodolfo Calvo, que após vivenciar um período de fragilidade na saúde, compartilhou com o Thiago Calixto o desejo de empreender no mercado de pets. Com a experiência de mais de 15 anos de Calixto no setor de banho e tosa, eles perceberam que faltavam preencher duas lacunas neste segmento: a falta de tecnologia e de horários para os clientes que queriam agendar os serviços de banho e tosa no mesmo dia. 

Assim, em menos de seis meses, em 2021, nasceu a Doggi, primeira rede de franquias especializada em estética para cachorros por aplicativo do Brasil. “Além da amizade de longa data, eu e meu sócio enxergamos a oportunidade de trabalharmos com o que gostamos, alinhando nossas experiências de trabalho e o amor aos animais”, compartilha Calvo.

A história de união e parceria de Guilherme Mauri, Marcelo Villares e Douglas Pena começou já no ambiente corporativo. A partir de negócios em comum, os empreendedores enxergaram um propósito único: levar comodidade e segurança a consumidores de complexos residenciais ou comerciais. Desta maneira, uniram as habilidades em 2020 na criação da Minha Quitandinha. 

A startup de tecnologia em varejo que atua no modelo de franquia de minimercado autônomo opera com base no conceito do honest market na qual funciona durante 24 horas nos sete dias da semana sem a necessidade de intermediários. “O nosso diferencial é que temos formações distintas e tivemos carreiras diferenciadas, o que nos ajuda a ter uma visão 360º. Entender como o perfil de cada um pode se complementar é o ponto chave para o crescimento”, diz Douglas Pena, CRO da rede.

Ou seja, se empreender sozinho as vezes parece complicado, o jeito e se aliar com alguma amizade que tenha os mesmos objetivos de crescimento econômico para investir e criar ideias inovadoras que podem gerar grandes negócios obtidos pela confiança.

Veja Também