Sebrae Goiás realiza encontro Polo Sebrae Agro

O evento, fechado ao público, reuniu representantes de 21 Unidades Federativas do Sebrae, pelas cinco regiões brasileiras e entidades parceiras.

Postado em: 22-09-2022 às 17h56
Por: Lorenzo Barreto
À tarde os presentes se dividiram para duas reuniões de planejamento de novas etapas na área. | Foto: Divulgação/Edmar Wellington

O Sebrae Goiás (@sebraegoias) sediou, nesta quinta-feira (22) o primeiro encontro Polo Sebrae Agro. O evento, fechado ao público, reuniu representantes de 21 Unidades Federativas do Sebrae, pelas cinco regiões brasileiras e entidades parceiras.

No período matutino, presidentes e diretores das Instituições falaram sobre o ramo do agronegócio nos últimos anos e as expectativas para 2023. Também foram apresentados os pontos que já feitos desde o início do projeto, há sete meses. À tarde os presentes se dividiram para duas reuniões de planejamento de novas etapas na área.

O presidente do Sebrae Nacional (@sebrae), Carlos Melles, destacou a alegria de prestigiar este momento de união e troca de experiências. “Essa é uma interação muito positiva. O Sebrae tem trabalhado em polos no Brasil, como o Polo do Artesanato, no Rio de janeiro; o Polo da Educação, em Minas Gerais; de sustentabilidade, no Mato Grosso e na região goiana merecidamente, pela importância e pelo que Goiás representa na produção e interação, com o Agro”, exemplifica, o presidente.

Continua após a publicidade

Essa figura do Polo Nacional do Agro, conforme o presidente do Sebrae Nacional, tem a ver com a trajetória que o Sebrae vem desenhando. “Vem em uma metodologia de ensinar (os pequenos produtores) a produzir, ensinar a comercializar e agregar valor, comercializar e exportar bem. Ou seja, é uma cadeia horizontal e tem a verticalidade. Será sem dúvida e já está sendo um grande sucesso para o Brasil”, destaca.

“O Sebrae está presente em 99% das microempresas do País. Estamos falando de 28 milhões de pessoas empreendendo, e o Agro é uma das peças fundamentais. Somos responsáveis por 30% do PIB e 54% dos empregos formais do Brasil, contribuindo assim para a economia do País como um todo”, complementou.

Responsabilidade

O Diretor Superintendente do Sebrae Goiás, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, garante que os primeiros resultados positivos, como a vinda de grande parte dos estados, se devem por um trabalho de esforço coletivo. “Nos orgulhamos pela escolha de presidirmos este projeto. Goiás foi escolhido pela sua vocação e importância na produção agropecuária no país. E estamos no coração do Brasil, sendo referência na oferta aos produtores rurais”, afirma.

Neto destaca que o evento desta quinta traz uma grande oportunidade de fazer a análise com toda estrutura que o Sebrae tem para ofertar ao segmento rural, em especial com a consolidação das ações que já estão acontecendo e troca de experiências, escutando também cases de sucesso de projetos para essa área.

Digital

Para mostrar todo o trabalho, e novidades que vem sendo feito, alinhando e levando informação ao produtor rural, o Polo acaba de lançar uma plataforma web. De acordo com o gestor do projeto, Douglas Paranahyba, foram identificadas, durante a curadoria, 657 soluções voltadas ao agronegócio.

“Neste site os produtores rurais e lideranças da área poderão ter informações mais detalhadas do que vem sendo feito aqui dentro, relacionado ao Agro. A ideia foi fazer uma forma simples que tirasse dúvidas para saber por região o que tem sido feito”, afirma. É possível clicar em um mapa colocado na plataforma, por exemplo, em que o leitor é direcionado para a região que deseja saber mais, em poucos cliques, disse Douglas.

Website Polo Sebrae Agro: https://polosebraeagro.sebraego.com.br/

Veja Também