Supermercados registram crescimento nas vendas

Vendas do setor em valores reais cresceram 17,23% em março, na comparação com o mês de fevereiro e 12,12% em relação ao mesmo mês do ano de 2017

Postado em: 02-05-2018 às 16h00
Por: Victor Pimenta
Vendas do setor em valores reais cresceram 17,23% em março, na comparação com o mês de fevereiro e 12,12% em relação ao mesmo mês do ano de 2017

O setor supermercadista registrou um crescimento de 2,28% no
primeiro trimestre do ano, o maior resultado acumulado no período desde 2013,
de acordo com o índice nacional de vendas da Associação Brasileira de
Supermercados. As vendas do setor em valores reais cresceram 17,23% em março,
na comparação com o mês de fevereiro e 12,12% em relação ao mesmo mês do ano de
2017.

“O bom resultado apresentado em março foi decorrente das
vendas do período de Páscoa, segunda data mais importante para o setor. Em
2017, a data caiu na segunda quinzena de abril, o que fez com que parte das
vendas ficasse naquele mês. Ainda que beneficiadas pelo efeito calendário, além
da Páscoa, março contou, também, com três dias a mais que fevereiro”,
disse o presidente da Abras, João Sanzovo Neto.

Continua após a publicidade

Sanzovo Neto destacou que o resultado pode ser visto como um
sinal de recuperação para o setor. “Mostra que, mesmo lentamente, as pessoas
estão voltando a consumir”.

O preço da cesta de produtos analisada pelo Departamento de
Economia e Pesquisa da Abras registrou queda de 0,92% em março, passando de R$
442,88 para R$ 438,83. A pesquisa avalia os 35 produtos mais consumidos nos
mercados. As maiores altas de preço em março foram da farinha de mandioca,
leite longa vida, ovo e queijo muçarela. As maiores quedas nos preços foram
registradas no tomate, feijão, batata e cebola.

Em março, todas as regiões brasileiras apresentaram queda nos
preços. A maior variação negativa foi registrada na Região Nordeste (1,32%),
que chegou a R$ 394,21, impulsionada, principalmente, por João Pessoa, menos
5,80%, e Salvador, menos 2,99%.

 Fonte: Agência Brasil.

Veja Também