ENEL investe R$ 43 mi em eficiência energética em Goiás

Em 2018, distribuidora vai modernizar 11 instituições em todo Estado, proporcionando economia e sustentabilidade

Postado em: 07-05-2018 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Em 2018, distribuidora vai modernizar 11 instituições em todo Estado, proporcionando economia e sustentabilidade

Durante todo este ano, a Enel Distribuição Goiás investirá cerca de R$ 43 milhões na modernização do sistema de iluminação de 11 instituições em todo o Estado e na instalação de aproximadamente 3MWp em energia solar. Entre as unidades beneficiadas estão prédios públicos, unidades comerciais, hospitais e universidades.

A ação faz parte do Programa de Eficiência Energética da Enel, que moderniza os sistemas de climatização e iluminação de prédios públicos e incentiva a troca de equipamentos elétricos antigos por novos e eficientes. A iniciativa é regulamentada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Continua após a publicidade

Além dos benefícios econômicos para as instituições – como economia na conta de energia e redução dos custos de manutenção –, as ações de eficiência energética, alinhadas à política de sustentabilidade do Grupo Enel, aumentarão o conforto oferecido aos profissionais e, principalmente, à população. “Todos saem ganhando com o projeto: os gestores públicos economizam nas contas de luz e a comunidade passa a ter mais conforto e qualidade quando buscam algum serviço de atendimento nos locais beneficiados”, comenta o presidente da Enel Distribuição Goiás, Abel Rochinha.

Entre as instituições beneficiadas estão a Universidade Federal de Goiás (UFG), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG), a Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), a Santa Casa de Goiânia e o Hospital Espírita de Anápolis, entre outros.

O responsável por Eficiência Energética da Enel Brasil, Odailton Arruda, prevê que os projetos alcancem uma economia de 18.931,29 MWh/ ano e uma redução de demanda de 2.707,03 KW, o que corresponde ao fornecimento de energia elétrica para mais de 12 mil residências durante um ano. 

Veja Também