Pagamento de R$ 652 milhões em dividendos é adiado pela Petrobras

A partir do primeiro dia útil após a data de corte (21 de maio), as ações passarão a ser negociadas ex-juros sobre capital próprio (sem direito ao JCP) na B3

Postado em: 10-05-2018 às 16h40
Por: Victor Pimenta
A partir do primeiro dia útil após a data de corte (21 de maio), as ações passarão a ser negociadas ex-juros sobre capital próprio (sem direito ao JCP) na B3

A Petrobras informou nesta quinta-feira (10) que adiará do dia 25 para o
dia 29 deste mês o pagamento dos juros sobre o capital próprio (JCP). O
pagamento de dividendos aos acionistas da empresa, que não era feito desde
2014, foi possível com o lucro líquido de R$ 6,9 bilhões, obtido pelo estatal
no primeiro trimestre do ano.

Em nota divulgada hoje, a Petrobras diz que, a
partir do primeiro dia útil após a data de corte (21 de maio), as ações
passarão a ser negociadas ex-juros sobre capital próprio (sem direito ao JCP)
na B3 e demais bolsas de valores em que a companhia está listada.

Continua após a publicidade

“O valor a ser distribuído, no montante de R$ 652,2 milhões,
correspondente a um valor bruto de R$ 0,05 por ação e será provisionado nas
demonstrações contábeis do segundo trimestre, com base na posição acionária de
21 de maio de 2018”, acrescenta a companhia.

Segundo a Petrobras, sobre os valores de R$ 0,05 por ação
ordinária, ou ação preferencial referente ao JCP, incidirá Imposto de Renda
retido na fonte, mediante aplicação da alíquota cabível. “As retenções de
Imposto de Renda não serão aplicadas aos acionistas cujos dados cadastrais
comprovem a condição de imunes ou isentos, até 24 de maio de 2018, ou
acionistas domiciliados em países ou jurisdições para os quais a legislação
estabeleça tratamento diverso”.

 Fonte: Agência Brasil.

Veja Também