Renan lamenta falha em gol olímpico

Postado em: 16-02-2016 às 00h00
Por: Redação
Goleiro do Goiás diz que faltou atenção da sua parte na cobrança do lateral Ednei e ressalta que errou ao tentar fazer o certo no clássico

Felipe Bonfim

Ogoleiro Renan viveu altos e baixos no empate do Goiás com o Atlético, por 2 a 2, no último domingo. O capitão fazia boa partida e era um dos destaques alviverdes em campo após defender pênalti cobrado pelo goleiro rubro-negro Márcio. A falha em um escanteio que resultou em um gol olímpico adversário, no entanto, “estragou” a festa do camisa um esmeraldino.

Renan explica que a defesa do pênalti, minutos antes, gerou uma reação de adrenalina que pode ter atrapalhado a concentração no decorrer do jogo. O capitão lamentou o gol sofrido e se desculpou aos torcedores alviverdes.

“Passa muito por concentração. Eu peguei o pênalti e saiu uma adrenalina fazendo com que eu deixasse o meu normal. Sou um cara frio e com essa desconcentração, eu acabei me equivocando. Eu pedi desculpa ao grupo, peço ao torcedor, mas errei tentando fazer o certo. O Ednei tem mérito, mas o goleiro tem que buscar aquela bola. Eu errei e resultou no gol”, disse.

Apesar das polêmicas relacionadas à arbitragem, o jogo fez jus à expectativa que envolvam este clássico que, de acordo com Renan, se encaminha para se tornar o maior do futebol goiano.

“Acho que tem um peso diferente.Não é diminuir o Vila, mas pelos últimos anos, pela crescente do Atlético, acho que sempre é um grande jogo. O time que sempre chegou na final, ganhou títulos e esteve na Série A. O Vila está tentando recuperar o seu espaço, e isso prova a grandeza deles”, afirmou.

O elenco esmeraldino teve folga ontem e só hoje pela manhã retoma os trabalhos visando o confronto do próximo sábado, contra a Anapolina, no Estádio Jonas Duarte. Expulso durante o duelo com o Atlético, o técnico Enderson Moreira não poderá acompanhar a equipe no banco de reservas. Ele deve ser substituído pelo auxiliar Luís Fernando Flores.

Negociação

A diretoria do Goiás trabalha para acertar com o atacante Cassiano, 26 anos, do Internacional. Sem ser aproveitado na equipe gaúcha, o atleta tem sido emprestado durante as últimas temporadas. Ele defendeu Criciúma, em 2013, Santa Cruz, em 2014, Fortaleza e Gwangju (Coreia do Sul), no ano passado. Caso o empréstimo seja concretizado, Cassiano será a 12ª contratação esmeraldina para a temporada.  

Compartilhe: