Lino diz que Atlético precisa melhorar

Zagueiro reconhece que time vai necessita acabar com a desconfiança da torcida nesta reta final do Goianão

Postado em: 14-04-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Zagueiro reconhece que time vai necessita acabar com a desconfiança da torcida nesta reta final do Goianão

Felipe Bonfim

Apesar de ter garantido a segunda melhor campanha do Campeonato Goiano, a liderança do Grupo B e a classificação, o Atlético chega para o primeiro confronto da semifinal, no próximo sábado, contra o Anápolis, fora de casa, sob desconfiança.

Continua após a publicidade

Principalmente após a eliminação precoce na Copa do Brasil, o rubro-negro, que começava a se reencontrar no Estadual, voltou a receber críticas em diversas frentes. Nos últimos oito jogos, seis pelo Goianão e dois pela copa nacional, o clube campineiro conquistou três vitórias, dois empates e três derrotas.

Por isso, o zagueiro Lino acredita que o elenco atleticano ainda tem muito para crescer e pode começar a dar respostas positivas já no confronto de sábado, no Estádio Jonas Duarte.

“A gente sabe que teve essa oscilação e fica difícil apontar um motivo, mas trabalhamos para crescer. Sabemos que podemos melhorar muito e vamos chegar fortes nessa semifinal. A cobrança é normal, no futebol é assim. Principalmente após a eliminação na Copa do Brasil. Futebol é resultado e esse título é muito importante para nós”, disse.

O defensor, no entanto, avalia que, como a competição entra em uma nova fase, todos os quatro semifinalistas chegam com força equilibrada na luta por uma vaga na decisão estadual.

“Eu vejo muito equilíbrio entre as quatro equipes. Todos têm condições de disputar o título. Nós estamos muito focados e sabemos que não vai ser fácil, mas temos consciência que nós temos condições. O Atlético chega forte e focado. Temos um jogo difícil, mas estamos trabalhando forte durante a semana”, concluiu.

Dúvida

O meia Jorginho realizou apenas trabalhos físicos na tarde de ontem, no CT Urias Magalhães, e segue como dúvida para o técnico Wagner Lopes visando o duelo com o Galo da Comarca. O treinador rubro-negro, no entanto, conta com os retornos do lateral-direito Ednei, do zagueiro Marllon e do meia William Schuster, que cumpriram suspensão automática.  

Imagem/Atlético-GO

Veja Também