Mancini tem “dor de cabeça” para definir time

Com o zagueiro Vinícius Simon e do volante Leandro Bulhões à disposição – ambos cumpriram suspensões no primeiro clássico pela semifinal do

Postado em: 21-04-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa

Com o zagueiro Vinícius Simon e do volante Leandro Bulhões à disposição – ambos cumpriram suspensões no primeiro clássico pela semifinal do Campeonato Goiano -, o técnico Rogério Mancini está tendo uma “boa dor de cabeça” para definir a escalação do Vila Nova para o segundo duelo decisivo contra o arquirrival, no próximo domingo, no Serra Dourada.

No coletivo desta quinta-feira, feriado nacional, o comandante vilanovense dará esboço sobre a escalação que pretende colocar em campo no domingo. Como o time foi bem no empate por 1 a 1 na última segunda-feira, o treinador não deverá fazer mudanças radicais na escalação para o duelo que vale vaga à final do Goianão.

O lateral esquerdo Marinho Donizete concedeu entrevista coletiva ontem e aposta que o Vila manterá a mesma disposição no clássico do próximo domingo. Segundo ele, o Vila criou muitas oportunidades de gol no clássico da última segunda-feira. “Tivemos várias chances. Começamos na frente e, infelizmente, não conseguimos. Fizemos uma grande partida, mas agora já passou. Tem uma semana boa para que a gente possa fazer melhor do que fizemos”, afirmou o jogador.

Continua após a publicidade

Para o experiente lateral de 36 anos, o Vila segue firme no propósito de alcançar a classificação e vai lutar por isso no clássico de domingo. (Edivaldo Barbosa) 

Veja Também