Vila Nova sai na frente, mas cede empate

Postado em: 17-07-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Alvirrubro abre 2 a 0, não resiste a pressão e sofre dois gols do Brasil-RS, pela 16ª rodada da Série B

Edivaldo Barbosa

O Vila Nova chegou a abrir 2 a 0, mas não resistiu a pressão e empatou por 2 a 2 com o Brasil de Pelotas-RS, ontem à tarde, no Estádio Bento de Freitas, em Pelotas-RS, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, o alvirrubro soma mais um ponto e agora está com 21 pontos na classificação. O time agora é o 12º colocado. Já o Xavante, como é conhecido a equipe gaúcha, tem 23 pontos.

Apesar da pressão do adversário, o alvirrubro abriu o placar com Reginaldo e ampliou com Robston no primeiro tempo. Nos minutos finais, Felipe Garcia diminuiu e, no início do segundo tempo, o atacante igualou o placar na tarde fria deste sábado, em Pelotas. Victor Bolt e Teco foram expulsos.

O Vila Nova volta a jogar pela Série B no próximo sábado, quando irá receber o Ceará. Esta partida pode ser realizada no Onésio Brasileiro Alvarenga – amanhã a CBF, após fazer inspeção do estádio, deverá liberar o local para que o alvirrubro mande seus jogos no OBA. Já o Brasil, na próxima terça-feira (19), vai enfrentar o Oeste, no interior de São Paulo, pela 17ª rodada.

O jogo

Aproveitando o fato de jogar em casa, o Brasil começou a partida disposto a abrir logo o placar. O Vila, precavido, procurava valorizar a marcação e se viu pressionado nos primeiros minutos de jogo. Mas, mesmo assim, conseguiu explorar as jogadas de contra-ataques. A equipe da casa insistia nas jogadas aéreas. 

O Brasil pressionava e, aos 22, quase abre o placar. Em jogada rápida, Diogo Oliveira recebeu na área, passou pelo goleiro Edson e, em cima da linha, o zagueiro Reniê afastou e evitou o gol do Xavante.  O alvirrubro abriu o placar aos 26, quando Jean Carlos cobrou falta na área, Fabinho cabeceou e o zagueiro Reginaldo só teve o trabalho de completar para o gol – 1 a 0.

Não demorou muito e o alvirrubro fez o segundo, aos 36. Rafinha recebeu a bola na área e chutou. A zaga não conseguiu afastar e Robston fez 2 a 0. Apesar da boa vantagem do rival, o Brasil foi para cima e conseguiu diminuir, aos 40, quando Elias tocou para Ramon, que cruzou para Felipe Garcia cabecear para gol – 2 a 1.

Com mais determinação, a equipe da casa empatou logo no início do segundo tempo. Aos 2, Teco cruzou a bola na área e Ramon chutou. Edson ainda fez a defesa parcial, mas Felipe Garcia completou – 2 a 2. No minuto seguinte, o volante Victor Bolt foi expulso. Com um jogador a menos, o alvirrubro passou a valorizar ainda mais a marcação. 

Quando estava melhor que o alvirrubro, o Brasil também teve um jogador expulso. Aos 15, Teco fez falta em Fabinho. Como já tinha amarelo, recebeu o segundo e também saiu de campo mais cedo. O Vila, apesar da pressão, conseguiu segurar o rival e garantiu um ponto fora de casa neste Campeonato Brasileiro da Série B. 

Compartilhe: