Atlético tem ‘decisão’ prematura

Vice-líder, rubro-negro recebe Ceará, terceiro colocado, no Estádio Serra Dourada, em confronto direto

Postado em: 29-08-2016 às 06h00
Por: Toni Nascimento
Vice-líder, rubro-negro recebe Ceará, terceiro colocado, no Estádio Serra Dourada, em confronto direto

Há quem diga que falta o charme das decisões aos torneios de pontos corridos. O duelo de hoje, entre Atlético e Ceará, às 20 horas, no Estádio Serra Dourada, prova que não. Vice-líder do Campeonato Brasileiro da Série B, o rubro-negro enfrenta o Ceará, terceiro colocado da competição, em duelo emblemático na caça ao Vasco, isolado em primeiro. O confronto é válido pela 22ª rodada.
A fase dos times e o mando de campo dão aos goianos o favoritismo. O clube campineiro está há quatro jogos sem derrota e bateu outro rival direto na briga pelo acesso na última terça-feira – 1 a 0 sobre o Brasil de Pelotas-RS, fora de casa. Os cearenses já não vencem há quatro partidas e vêem ameaçada sua posição no G-4.
Se “em time que está ganhando não se mexe”, o técnico Marcelo Cabo não se atreve a promove alterações antes do duelo com o Vovô. O treinador não tem nenhum desfalque por lesão ou suspensão e pode repetir a equipe que conquistou vitória no Sul do país.
Marcelo justificou a repetição de equipe justamente pelo fato de que o Atlético vem apresentando atuações consistentes dentro de campo.
“A gente não repete o time só por ganhar. Às vezes a gente ganha, mas não joga bem. Mas estamos ganhando e jogando bem. A intensidade e a qualificação do nosso treino são grandes, esse é o reflexo que a gente leva para o campo. A repetição é por isso. Estamos há quatro jogos sem derrotas e ganhamos oito pontos nos últimos 12 disputados”, disse Cabo.
É inegável que muitos dos torcedores atleticanos já estão com o foco no confrontocontra o Vila Nova, no sábado, no Estádio Serra Dourada. O comandante rubro-negro é mais cauteloso e avalia que a equipe tem de pensar uma partida por vez e tratar cada delas uma como decisão.
“Ainda estamos longe do objetivo, não podemos pensar no Vila antes de pensar no Ceará. Tem de ser jogo a jogo. São três partidas em casa, incluindo um clássico, mas aqui é passo a passo. É final a final. Serão 17 decisões, começando por esse jogo contra o Ceará, precisamos entrar concentrados, essa vitória seria muito importante”, concluiu.

Desfalques
Se Marcelo Cabo tem todos os atletas à disposição, o técnico Sérgio Soares não pode dizer o mesmo. O treinador do Ceará não pode contar com os atacantes Ciel, lesionado, e Rafael Costa, suspenso. Thallyson, com dores na garanta, segue fora.

Veja Também