Goiás busca novo ânimo contra o Bahia

Invicto sob o comando de Gilson Kleina, alviverde precisa da vitória para se distanciar do Z4 da Série B

Postado em: 17-09-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Invicto sob o comando de Gilson Kleina, alviverde precisa da vitória para se distanciar do Z4 da Série B

É assim que o Goiás está após duas boas apresentações com o técnico Gilson Kleina. O clima pode melhorar ainda mais se a equipe vencer o Bahia neste sábado, às 18h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador, em duelo válido pela 26ª rodada da Série B.
A vitória sobre o Ceará e o empate com o Vasco animou não apenas clube e torcedores, mas deu um gás a mais especial para o meia Daniel Carvalho. O jogador reconhece que não estava tão satisfeito antes da chegada do novo treinador, mas agora está confiante em uma reação esmeraldina.
“Antes da chegada do (Gilson)Kleina havia uma situação de que eu e Léo Lima não podíamos atuar juntos. Eu sabia que não seria titular, então fiquei um pouco desanimado. Foi um erro meu. Mas com a chegada do treinador, isso mudou. Não sei ainda se serei titular contra o Bahia, mas de toda forma ele já me deixou mais à vontade. Espero ajudar o clube”, disse.
E Kleina, de acordo com Daniel, cumpre muito bem o papel de deixar mais leve o ambiente alviverde. O jogador analisa que as características do recém-chegado comandante são justamente aqueles que o elenco precisava para se reerguer na sequência da competição.
“A característica do Gilson Kleina é de ser esse técnico mais motivador, que cobra bastante de cada atleta também. É algo diferente do que tivemos nos meses anteriores, acho que estávamos precisando disso. O Goiás estava precisando de uma sacudida”, afirmou.
Não só de motivação se sustenta Gilson Kleina, mas também de tática. Com desfalques e retornos, o treinador irá promover mudanças na equipe em relação àquela que ficou no 1 a 1 com o Vasco, na última terça-feira. Ele comemora o retorno de Rossi, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo, mas perde o lateral direito Ednei, lesionado. Outro vetado pelo departamento médico é Walter, que já não havia enfrentado os cariocas e deve ficar fora de ação por dois meses.
Na direita, a opção deve ser por Sueliton. No ataque, fica a dúvida. Rossi pode assumir a vaga de Carlos Eduardo, mas também existe a possiblidade de um atleta do meio-campo ser sacado e o alviverde contar com três homens no setor ofensivo. Há também a chance de que Léo Gamalho entre como titular na vaga de Marcão.

Igual
O técnico Guto Ferreira deve repetir neste sábado, contra o Goiás, a escalação do equipe que foi derrotada pelo Paysandu, na rodada anterior. As novidades do Bahia estarão no banco de reservas. O volante Renê Júnior e os atacantes Misael e Wesley Natã foram regularizados e ficam à disposição do treinador.

Veja Também