Em situações opostas

Inter recebe Flamengo para sair da zona de rebaixamento, enquanto o rubro-negro segue na caça ao líder Palmeiras

Postado em: 15-10-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Inter recebe Flamengo para sair da zona de rebaixamento, enquanto o rubro-negro segue na caça ao líder Palmeiras

Internacional e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 17 horas, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Em situações completamente opostas na tabela, o Colorado se encontra na 17ª colocação com 33 pontos – um a menos que o Sport, primeiro time fora da zona de rebaixamento –, e o Flamengo está na vice-liderança do campeonato com 60 pontos, um atrás do líder Palmeiras.
Nas últimas cinco partidas, as duas vitórias alcançadas pelo Internacional foram em casa, diante do Figueirense e do Coritiba. No domingo, o Colorado pretende refazer o feito e manter o objetivo de vencer as quatro partidas que tem em casa até o final do Brasileirão. Diante do vice-líder Flamengo, o clube quer usar o calor de sua torcida para pressionar o adversário e conseguir os três pontos para sonhar cada vez mais em deixar a zona de rebaixamento. 
O técnico Celso Roth terá uma dor de cabeça a mais para montar o sistema defensivo do Inter, já que o lateral William levou o terceiro cartão amarelo na última partida diante do Botafogo. O zagueiro Ernando, que não participou do duelo contra o time carioca, volta a ficar disponível para o treinador e pode ser opção para jogar improvisado pela lateral. Em coletiva, o atleta falou da estratégia que o time vem adotando em casa para alcançar os três pontos.
“Nos jogos em casa, nossa equipe, além de marcar bem, tem que propor o jogo. Precisamos encurralar o adversário, ter posse de bola no campo dele, infiltrações dos meias, os volantes chegarem para dar opção. Não há outro método. Melhoramos na parte defensiva, mas precisamos achar o ponto ideal”, explicou.
O Flamengo já está matematicamente garantido na Libertadores e agora sonha em conquistar o título do Brasileiro da Série A. Após tropeço do líder Palmeiras e uma vitória de 2 a 1 no clássico contra o Fluminense, o rubro-negro viu sua vantagem diminuir para apenas um ponto. O clube não tem desfalques para encarar o Internacional. 
O meia Diego lembrou da importância de manter os pés no chão nesta partida, mesmo com as situações opostas vivenciadas por ambas as equipes e da dificuldade que é enfrentar um clube como o Inter, que luta para sair da degola.
“Aumenta a dificuldade para nós. É um gigante do futebol brasileiro, temos que reconhecer apesar de viverem um momento difícil. O fato de necessitarem da vitória dificulta, e estamos nos preparando para vencer o jogo”, disse.
No meio da semana, o Internacional joga em casa pela Copa do Brasil, no jogo de volta contra o Santos. A primeira partida, na Vila Belmiro, ficou 2 a 1 para o Peixe e o Colorado vai atrás para tentar reverter o placar. Já o Flamengo volta a entrar em campo no próximo domingo, dia 23, contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, jogo que marca a volta do Maracanã na competição após ser fechado para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio 2016.
Ainda no domingo e no mesmo horário, Palmeiras e Atlético-MG jogam também sonhando com o título. O Porco, líder com 61 pontos, viu a pressão aumentar após empatar com o Cruzeiro por 0 a 0 em casa e a vantagem para o vice-líder Flamengo diminuir de três para um ponto. Agora, o Alviverde vai até Florianópolis encarar o Figueirense, no Orlando Scarpelli, adversário que também luta para sair da zona de rebaixamento.
O Atlético-MG visita o embalado Botafogo, que luta pelo G6, no Engenhão. O Galo se encontra na terceira posição com 56 pontos, somente cinco atrás do líder Palmeiras e também sonha com o título já que vem em uma sequência de cinco jogos sem vencer e na última rodada goleou o já rebaixado América-MG por 3 a 0.

Veja Também