Vila tem chance de encostar

Tigre recebe Avaí, adversário direto na luta pelo acesso e pode se aproximar do G4 da Série B em caso de vitória

Postado em: 18-10-2016 às 08h50
Por: Redação
Tigre recebe Avaí, adversário direto na luta pelo acesso e pode se aproximar do G4 da Série B em caso de vitória

Felipe Bonfim

Mesmo ocupando a 11ª colocação, o Vila Nova ainda tem direito de sonhar com uma vaga no G4. O Tigre tem hoje, inclusive, a oportunidade de dar mais um passo importante na luta pelo acesso. A equipe recebe o Avaí, às 19h15, no Estádio Serra Dourada, em duelo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Continua após a publicidade

Com 43 pontos, o time colorado soma oito a menos que o adversário desta noite, que é 4º colocado com 51. Em caso de vitória, a vantagem dos catarinenses cai para apenas cinco. Os goianos ainda têm um jogo adiado a cumprir e podem se aproximar ainda mais da zona de classificação nos próximos dias.

De acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), as chances do Vila de chegar à elite do futebol nacional eram de 2,4% antes da vitória no clássico contra o Goiás, no último final de semana. Agora, as probabilidades já alcançam 6,2% e podem dar novo salto caso o Tigre bata o Leão da Ilha no Serra Dourada. “Tudo passa por esse jogo. Todo mundo tem que estar muito concentrado. Se a gente não vencer, fica muito difícil, mesmo com um jogo a menos. Agora, se nós vencermos, é outra história. Jogo contra Avaí é uma final. Podemos continuar na luta ou não”, disse o técnico Guilherme Teixeira.

Apesar de comemorar o retorno de seis atletas que cumpriram suspensão automática, o treinador ainda mantém dúvida se todos eles retomam a condição de titular. O goleiro Saulo e os zagueiros Reginaldo e Guilherme Teixeira voltam à formação principal nas vagas de Wagner Bueno, Gustavo e Reniê, respectivamente. O zagueiro Vinícius Simon fica fora. O lateral-direito Magno Silva e o volante Victor Bolt terão que brigar pela posição com Jefferson Feijão e Caíque. De acordo com o ele, Magno e Bolt levam vantagem apenas pela condição física.

Por fim, Guilherme estuda a entrada de Frontini no lugar de Moisés. O comandante colorado avalia que o argentino está em melhor momento tecnicamente e pode ser o escolhido para formar dupla ofensiva ao lado de Joãozinho. Expulso, Wellington Simião dá lugar a Christianno na lateral-esquerda.

Pressão
Único do G-4 a entrar em campo nesta terça-feira, o Avaí espera que uma vitória sobre o Vila Nova nesta noite, no Estádio Serra Dourada, coloque pressão nos rivais que lutam por uma vaga na elite do futebol nacional. “Se a gente vencer, seguimos dentro do G4, abrimos a rodada e pode interferir nos jogos seguintes. Temos que jogar esse jogo como se fosse o último do campeonato para jogar pressão nos adversários”, disse o técnico Claudinei Oliveira.

O treinador irá promover quatro mudanças na equipe em relação à que bateu o Tupi na rodada anterior. O lateral-direito Alemão, com dores no tornozelo, o volante João Filipe, com problemas no joelho, e o atacante Vitor, que sente a coxa, são baixas. Luiz Gustavo, Judson e William são os substitutos, respectivamente. O meia Marquinhos, suspenso, dá lugar a Diego Jardel.

Ficha técnica:
Jogo:
Vila Nova x Avaí
Local: Estádio Serra Dourada, às 19h15, em Goiânia. Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ). Assistentes: Gabriel Conti Viana (RJ) e Wendel de Paiva Gouveia (RJ)

Vila Nova: Saulo; Magno Silva (Jefferson Feijão), Reginaldo, Guilherme Teixeira e Christianno; Victor Bolt (Caíque), Geovane, Fagner e Fabinho; Joãozinho e Moisés (Frontini)
Técnico: Guilherme Alves

Avaí: Renan; Luiz Gustavo, Fábio Sanches, Betão e Capa; Luan, Judson, Renato e Diego Jardel; Romulo e William
Técnico: Claudinei Oliveira

Veja Também