Moisés minimiza vantagem do líder

A vitória sobre o Figueirense, aliada à derrota do Flamengo diante do Internacional, deu ao líder Palmeiras vantagem de quatro pontos sobre o rubro-negro carioca

Postado em: 18-10-2016 às 06h00
Por: Redação
A vitória sobre o Figueirense, aliada à derrota do Flamengo diante do Internacional, deu ao líder Palmeiras vantagem de quatro pontos sobre o rubro-negro carioca

Felipe Bonfim

A vitória sobre o Figueirense, fora de casa, aliada à derrota do Flamengo diante do Internacional, deu ao líder Palmeiras vantagem de quatro pontos sobre o rubro-negro carioca no Campeonato Brasileiro da Série A. 

Continua após a publicidade

Margem esta que, de acordo com o meio-campista Moisés, ainda é pequena e não tão passível de comemoração.

O jogador avalia que, apesar de ter chegado aos 64 pontos, o alviverde ainda precisa se preocupar com os adversários da luta pelo título – o Fla, que é vice-líder tem 60 –, pois a diferença pode novamente se tornar mínima em caso de derrota nas próximas rodadas.

“A rodada foi boa, mas não adianta (a vantagem) se tropeçar em uma rodada, aí volta o desespero. Vamos descansar, mas no Brasileiro temos de voltar a vencer em casa. Já convidamos ao torcedor para lotar o Allianz como tem feito, que a gente volte a ganhar em casa porque é importante. Não estamos tão bem dentro de casa, tem jogo contra o Grêmio no meio de semana, o Cuca sabe o que a gente tem que fazer para buscar esta classificação, mas no Brasileiro a gente tem que voltar a vencer em casa, porque faz muita diferença”, disse.

Neste confronto com o Grêmio, pela Copa do Brasil, o técnico Cuca deve mandar a campo equipe considerada reserva. 
Os titulares serão poupados para o próximo compromisso pela Série A, contra o Sport, no domingo.

A delegação paulista desembarcou em São Paulo na tarde de ontem. A previsão era que o grupo retornaria à capital ainda na noite de domingo, após vitória em Florianópolis, mas o voo acabou cancelado pelo mau tempo. O elenco tinha treino marcado para o período vespertino, mas a atividade foi cancelada e os atletas trabalharam pela manhã, ainda em Floripa.

Foto: Reprodução ESPN

Veja Também