‘Não posso desistir’, diz Hamilton

Após vitória no GP do México, piloto inglês precisa ganhar no Brasil e torcer para Nico Rosberg ter má sorte na prova de Interlagos

Postado em: 01-11-2016 às 06h00
Por: Renato
Após vitória no GP do México, piloto inglês precisa ganhar no Brasil e torcer para Nico Rosberg ter má sorte na prova de Interlagos

Felipe Bonfim

Lewis Hamilton pode ver as chances de conquistar o tetracampeonato da Fórmula 1 chegarem ao fim no GP do Brasil, penúltima prova do ano, em 13 de novembro. Basta uma vitória para que o líder da competição, Nico Rosberg, se torne campeão mundial pela primeira vez. Com 349 pontos, o alemão é o primeiro colorado e tem 19 de vantagem para o inglês, companheiro de Mercedes, com 330.

O britânico reconhece que será difícil reverter a situação, mas mantém a fé que o cenário pode mudar até o fim da temporada. “Estou lutando por algo que não sei se serei capaz de alcançar. É um cenário incomum, mas tenho que lutar até o fim. Pode ser doloroso por um lado, mas por outro, muito satisfatório. Tudo que sei é que do início da minha carreira na Fórmula 1 até o último minuto é que as coisas mudam. É por isso que não posso desistir”, disse.

Continua após a publicidade

Apesar da chance de entrar para o seleto clube dos campeões mundiais da Fórmula 1 nas próximas semanas, Rosberg trata o assunto com calma e garante que mantém a mentalidade de buscar a vitória em todas as corridas. “Eu não tenho pensado dessa forma, mas me parece bom. Eu vou manter o mesmo plano, que é ir para a pista e tentar vencer, o que satisfaz os dois objetivos”, afirmou.

Contudo, não apenas a primeira colocação garante o campeonato para Nico. Se ficar em segundo, ele torce para que Hamilton fique, no máximo, em quarto. Caso seja terceiro, o inglês pode terminar até em sexto. Com o quarto lugar, o alemão precisa que o companheiro não passe de oitavo. Se Nico for quinto, Lewis pode até ser nono. Por fim, o alemão pode levar o título mesmo com a sexta posição, desde que o rival chegue em décimo.

Na última temporada, a Mercedes conseguiu dobradinha no Brasil. Nico Rosberg venceu a prova, Lewis Hamilton foi o segundo colocado e Sebastian Vettel, da Ferrari, completou o pódio.

O circuito de Interlagos já sagrou o campeão da Fórmula 1 em outras seis oportunidades. Fernando Alonso (2005 e 2006), Kimi Raikkonen (2007), Lewis Hamilton (2008), Jenson Button (2009) e Sebastian Vettel (2012) levantaram a taça da competição em terras brasileiras.

Pódio

Apesar de ter ficado em quarto lugar, Sebastian Vettel herdou um lugar no pódio do GP do México, no último domingo, após punição de Max Verstappen, que cruzou a linha de chegada em terceiro. O alemão, contudo, também foi alvo da direção de prova e, com penalidade após três horas do fim da prova, viu Daniel Ricciardo ficar com terceira posição, atrás apenas das Mercedes. 

Veja Também