Clássico nos mínimos detalhes

Vila Nova joga melhor, mas não aproveita chances. Atlético se segura, faz gol de bola parada e vence

Postado em: 20-02-2017 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Vila Nova joga melhor, mas não aproveita chances. Atlético se segura, faz gol de bola parada e vence

Felipe Bonfim 

Todo torcedor já cansou de ouvir as diversas frases batidas às vésperas de um jogo. “Clássico é decidido em detalhe”, no entanto, se fez valer ontem, quando o Atlético venceu o Vila Nova, por 1 a 0, no Estádio Serra Dourada, em duelo válido pela 6ª rodada do Campeonato Goiano. Os colorados não aproveitaram as diversas chances criadas e, com Wanderson, o rubro-negro marcou gol de falta para garantir primeira vitória contra rival na temporada.

Com o triunfo, o Dragão se manteve isolado na liderança do Grupo B, agora com 10 pontos. Com 11 somados, o Tigre foi ultrapassado pelo rival Goiás e agora é segundo colocado no Grupo A – o alviverde entra em campo hoje, diante da Aparecidense, mas agora é melhor nos critérios de desempate.

Continua após a publicidade

O clube campineiro volta a campo na próxima quinta-feira, quando recebe o Iporá, no Estádio Olímpico Pedro Ludovico. Os colorados encaram o Anápolis, no Estádio Jonas Duarte, fora de casa, no sábado.

O jogo

O primeiro tempo foi de poucas chances. O Atlético sequer levou perigo ao goleiro Wendell. O Vila Nova até chegou duas vezes, mas não conseguiu aproveitar. Essa, inclusive, seria a tônica de toda a partida, apesar de a segunda etapa ser recheada de emoção.

Aos 8 minutos, o Tigre quase abriu o placar com Maguinho, que recebeu lançamento na direita e bateu encima da marcação. Ele mesmo pegou o rebote e chutou rasteiro no canto, exigindo boa defesa de Kléver. Já aos 20, Jonathan teve espaço, carregou e bateu de fora da área, mas a bola saiu à direita da meta.

Após o retorno dos vestiários, os colorados tiveram ritmo mais lento e não conseguiram assustar. Quem levou perigo foi o rubro-negro, mas após falha da defesa adversária. Aos 8, o goleiro Wendell se atrapalhou ao tentar passe e Júnior Viçosa interceptou. O atacante entrou na área e rolou para a área, mas o zagueiro conseguiu cortar antes.

O placar foi aberto aos 20 minutos. Em cobrança de falta na entrada da área, Wanderson chutou em buraco da barreira, Wendell falhou no lance e a bola entrou, 1 a 0. 

O Vila Nova voltou a pressionar. Aos 40 minutos, o técnico Mazola Júnior reclamou falta em Moisés e foi expulso de campo. No lance seguinte, após cobrança de lateral, Vandinho teve boa oportunidade, girou na área e chutou por cima.

Um minuto depois, Jonathan apareceu de surpresa na área e bateu de primeira após cruzamento. O goleiro Kléver fez ótima defesa. O camisa 1 atleticano apareceria mais uma vez logo em seguida. O Vila levantou mais uma bola, Vandinho cabeceou na pequena área e Kléver fez trabalho milagroso para garantir a vitória.

Ficha Técnica:

Jogo: Vila Nova 0 x 1 Atlético

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Árbitro: Bruno Rezende. Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa) e Hugo Correa. Gol: Wanderson (Atlético). Cartão amarelo: Brunão, Marcos Serrato, Moisés (Vila Nova); Luiz Fernando, Jorginho e Willians (Atlético). 

Vila Nova: Wendell; Maguinho, Alemão, Bruno Prado e Jonathan; PH, Fagner (Moraes Júnior), Geovane (Everton) e Marco Serrato (Vandinho); Wallyson e Moisés. Técnico: Mazola Júnior

Atlético: Kléver; Daniel Borges, Bonfim, Roger Carvalho e Bruno Pacheco (Wanderson); Betinho, Silva (Negueba), Luiz Fernando, Jorginho e Willians (Eduardo); Júnior Viçosa. Técnico: Marcelo Cabo 

Veja Também