Vila Nova e Aparecidense iniciam duelo por vaga na final do Goianão

Postado em: 05-05-2021 às 01h39
Quando se enfrentaram no OBA, pela primeira fase da competição, o Tigre venceu por 2 a 1 | Foto: Nicolle Mendes/AA Aparecidense

Encerrando a primeira perna das semifinais do Campeonato Goiano, o Vila Nova, do técnico Wagner Lopes, recebe a Aparecidense, de Thiago Carvalho. Melhores colocadas do Grupo B da competição, em sua primeira fase, as equipes se reencontraram para duelar em mais duas oportunidades. Desta vez, por uma vaga à final do Goianão. Nas duas primeiras partidas, o Tigre levou a melhor. Venceu em casa e empatou no Anníbal Batista de Toledo.

Diferentemente do confronto contra o Anápolis, onde acabou vencendo os dois jogos, o comandante vilanovense confessa não esperar por nenhuma facilidade diante do Camaleão. Em relação ao estilo de jogo de sua equipe, Wagner Lopes diz que ainda está buscando um padrão ideal a ser seguido. 

“Eu acho que não tem essa facilidade. Acho que vai ser um jogo difícil, um jogo truncado, um jogo aguerrido. Entendo que não só aqui (em Goiânia), mas em Aparecida de Goiânia também será um jogo duro. Não terá facilidade pra ninguém. Em relação ao padrão de jogo, ainda estamos buscando esse padrão. Tem muito lugar ainda que temos margem para melhorar. Então, a gente continua no trabalho e no desenvolvimento daquilo que acreditamos e temos convicções. Principalmente com o jogo coletivo. Não tenho intenção de ensinar ninguém a jogar. Muito pelo contrário. Todo mundo sabe jogar, por isso estão no Vila Nova. Mas tenho de conscientizá-los que o jogo é coletivo, mas o esforço é individual. Cada um precisa dar o seu melhor”, disse Wagner Lopes.

O treinador fez questão de ressaltar também que é preciso estar ainda mais concentrado em um jogo decisivo, pois, um deslize pode ser fatal.

“Acho a parte mental muito importante nesses jogos (decisivos). Eu sei que o nosso poder de concentração é muito maior do que o que temos demonstrado. Mas, agora, é um campeonato à parte. O que aconteceu até aqui não serve de parâmetro. É o que vai acontecer daqui para frente que vai poder ser julgado. Então, é conscientizar os jogadores da importância de estar concentrado o tempo todo, pois um deslize pode ser fatal”, finalizou Wagner Lopes.

Aparecidense

Já pelo lado do Camaleão, Thiago Carvalho vê o coletivo de seu elenco como o ponto mais forte e que tal maneira de jogar tem feito a Aparecidense conquistar vitórias.

“Nosso ponto mais forte é o coletivo. Nosso é baseado nisso de todos participarem na parte ofensiva e defensiva da melhor maneira possível. Somos bem ofensivos e agressivos dentro de campo. É o nosso jeito de jogar. Estamos crescendo muito nisso e fazendo bem o nosso papel e, por isso, estamos conquistando bons resultados”, disse Thiago Carvalho.

Ficha técnica


Vila Nova x Aparecidense


Data: 05 de maio de 2021


Horário: 20h30

Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO)

Árbitro: Jefferson Ferreira


Assistentes: Fabrício Vilarinho (FIFA) e Leone Carvalho

Vila Nova: Georgemy, Celsinho, Rafael Donato, Saimon e Willian Formiga; Dudu, Arthur Rezende e Alan Mineiro; Pedro Bambu, Henan e Kelvin.

Técnico: Wagner Lopes

Aparecidense: Tony; Adriel, Renato, Ricardo Lima e Raphael Soares; Bruno Henrique, Rodriguinho e Albano; Cardoso, Alex Henrique e Robert.

Técnico: Thiago Carvalho

Por: Breno Modesto
Compartilhe: