Precisando torcer contra o Libertad, Atlético-GO visita o Newell’s

O Atlético Goianiense entra em campo para o seu principal jogo neste início de temporada. O rubro-negro visita o Newell’s Old Boys-ARG,

Postado em: 25-05-2021 às 08h30
Por: Felipe André
Eduardo Souza conta com o retorno de Willian Maranhão, Arthur Gomes e Natanael, mas não vai ter João Paulo à disposição | Foto: Bruno Corsino/ACG

O Atlético Goianiense entra em campo para o seu principal jogo neste início de temporada. O rubro-negro visita o Newell’s Old Boys-ARG, nesta terça-feira (25/5), às 19h15 (horário de Brasília), no estádio Marcelo Alberto Bielsa, em Rosário-ARG. Os goianos precisam vencer e torcer por um tropeço do Libertad-PAR, que visita o Palestino-CHI, no mesmo dia e horário. Se isso acontecer, o time do bairro de Campinas estará nas oitavas de final da Sul-Americana, se não, estará eliminado.

Mesmo com os jogos acontecendo de maneira simultânea, o Atlético Goianiense sabe que precisa vencer para ainda ter chance de avançar. Ainda invicto na competição, o rubro-negro venceu as duas partidas que teve como visitante, mas como mandante ficou no empate sem gols nas três oportunidades que teve.

“Nós precisamos entrar para vencer o jogo, fazendo isso vamos terminar de forma invicta, dentro do que eu acredito que seja se não o maior, mas entre os dois maiores grupos da Sul-Americana em termos de qualidade e camisa. Se nós vencermos o jogo, como estamos trabalhando para isso, e a classificação não vier, nós vamos saber que é pela forma da Sul-Americana de passar apenas um e por um vacilo no jogo contra o Palestino. Mesmo com a desclassificação seria uma ótima campanha”, analisou Eduardo Souza.

Continua após a publicidade

Nas oitavas de final, os oito primeiros colocados da fase de grupos da Sul-Americana se juntam com os oito terceiros colocados da Libertadores e o sorteio então é realizado para definir os confrontos. Apesar de não depender apenas de si para avançar, Eduardo Souza, treinador interino do Atlético Goianiense, mantém a esperança e ressalta a importância deste duelo e o que pode representar dentro dos 84 anos de história do Atlético-GO.

“A classificação seria um dos maiores feitos do clube. Conseguir chegar entre os 16 melhores de uma competição tão importante como a Sul-Americana hoje, é como eu venho passando aos atletas, o jogo contra o Libertad e contra o Newell’s estão, talvez, entre os maiores jogos do clube, pois pode nos levar a uma campanha histórica que seria a classificação”, completou Eduardo Souza.

Para esse jogo, o treinador não vai contar com o atacante Roberson, que segue sem condições de jogo, apesar de ter voltado aos treinamentos. Além dele, o meio-campista João Paulo está suspenso e também não pode entrar em campo. O atleta viajou com o grupo para receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Sem João Paulo, a maior possibilidade é a entrada de André Luis para atuar centralizado, entre Janderson e Arthur Gomes, que retorna após lesão, que serão os pontas titulares. O quarteto será completado por Zé Roberto. Outra novidade fica por conta do lateral-esquerdo Natanael, que entrou em campo pela última vez contra o Libertad-PAR, no início de abril.

Newell’s

Apesar de sair na imprensa argentina que Germán Burgos teria sido demitido, o treinador ganhou um voto de confiança e segue a frente do Newell’s-ARG. Com uma chance de classificação, os “leprosos”, como são conhecidos, precisam vencer o Atlético Goianiense, torcer para o Libertad-PAR perder e ainda tirar uma diferença de quatro gols.

Para esse jogo, Burgos não deve contar com o experiente Maxi Rodriguez. O jogador esteve ausente nos três últimos jogos do clube por uma distensão no quadríceps direito. Apesar disso, Cristaldo será titular, pois o atacante não participou do primeiro confronto entre as equipes, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA
Newell’s-ARG x Atlético-GO

Data: 25 de maio, 2021
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Estádio Marcelo Alberto Bielsa, em Rosário-ARG

Árbitro: Nicollas Gallo-COL
Assistentes: Alexander Guzman-COL e John Leon-COL

Newell’s-ARG: Alan Aguerre; Milton Leyendeker, Cristian Lema e Zahir Mansilla; Patricio Acevedo, Julián Fernández, Juan Sforza e Franco Negri; Ramiro Sordo e Nicolás Castro; Jonatan Cristaldo. Técnico: Germán Burgos.

Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu, Nathan, Éder e Natanael; Willian Maranhão, Marlon Freitas e André Luis; Janderson, Arthur Gomes e Zé Roberto. Técnico: Eduardo Souza

Veja Também