Atlético-GO busca empate contra o Newell’s, termina invicto, mas é eliminado

Foi o fim da participação do Atlético Goianiense na edição de 2021 da Copa Sul-Americana. O rubro-negro visitou o Newell’s Old Boys-ARG

Postado em: 25-05-2021 às 21h11
Por: Felipe André
Danilo Gomes, autor do gol atleticano, disputando bola na última rodada da fase de grupos da Sul-Americana | Foto: Divulgação/Conmebol

Foi o fim da participação do Atlético Goianiense na edição de 2021 da Copa Sul-Americana. O rubro-negro visitou o Newell’s Old Boys-ARG na última rodada e ficou no empate por 1 a 0 no estádio Marcelo Bielsa, em Rosário-ARG. Os gols da partida foram marcados por Dudu, contra, e por Danilo Gomes. No grupo F quem avançou foi o Libertad-PAR, que bateu o Palestino-CHI de virada. Os goianos se despedem sem perder, com quatro empates e duas vitórias.

Em campo na Argentina, mas pensando na partida do Chile, o Atlético Goianiense entrou com um sistema mais ofensivo. Sem João Paulo, Eduardo Souza optou pela utilização de André Luis centralizado. A escolha resultou na perda de criação, mas incomodou mais os defensores argentinos que cometeram 11 faltas apenas nos 45 minutos iniciais, o que resultou em quatro cartões amarelos para os donos da casa.

No quesito perigo de gol, a primeira etapa deixou a desejar em ambos os lados. Os argentinos não acertaram a meta de Fernando Miguel, enquanto o Atlético finalizou em três oportunidades para a defesa de Alan Aguerre, mas não passou perto de inaugurar o placar. Nos minutos finais, no Chile, o Palestino-CHI abriu o placar contra o Libertad-PAR, o que interferiu diretamente na conversa no vestiário, pois o time goiano estava a um gol da classificação.

Continua após a publicidade

Mas quem voltou mais atento foi o Newell’s. A equipe argentina subiu a linha de marcação e aproveitou o espaço deixado no meio-campo pelo Atlético Goianiense para chegar com mais perigo e não demorou para abrir o placar. Após cruzamento rasteiro, Giani finaliza e acertou Nathan, mas o atacante dividiu com Dudu no rebote e a bola foi para o fundo da rede. A transmissão oficial apontou gol contra do lateral atleticano. Minutos antes o Libertad-PAR havia empatado no Chile.

Minutos depois os argentinos chegaram a balançar a rede com Cristaldo, mas o impedimento do atacante foi apontado e o gol anulado. Eduardo Souza desfez o esquema com quatro atacantes e optou pela entrada de Matheus Oliveira. A equipe goiana se lançou para o ataque “com o peito aberto”, precisando virar a partida para chegar às oitavas de final da Sul-Americana. 

Pressionando os argentinos, o Atlético-GO buscou o empate em uma jogada de transição. Danilo Gomes tocou para Janderson, o ponta encontrou um belo passe de volta para o atacante, que tocou na saída do goleiro Alan Aguerre. Apesar do resultado, o Libertad-PAR virou contra o Palestino-CHI e confirmou a classificação, mas o resultado igual deixou os goianos encerrarem a primeira fase invicto e na segunda colocação, o que gerou uma premiação de 120 mil dólares (cerca de R$ 640 mil).

O Atlético Goianiense volta aos gramados no próximo domingo (30), na estreia da Série A. O rubro-negro vai enfrentar o Corinthians, na Neo Química Arena, às 18h15 (horário de Brasília). O Libertad-PAR agora aguarda o sorteio das oitavas de final para conhecer o seu adversário.

(Especial para O Hoje)

FICHA TÉCNICA
Newell’s-ARG 1×1 Atlético-GO

Data: 25 de maio, 2021
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Estádio Marcelo Alberto Bielsa, em Rosário-ARG

Árbitro: Nicollas Gallo-COL
Assistentes: Alexander Guzman-COL e John Leon-COL

Gols: Dudu, contra (NOB) e Danilo Gomes (ACG)

Newell’s-ARG: Alan Aguerre; Patricio Acevedo, Milton Leyendeker e Zahir Mansilla e Franco Negri (Matias Orihuela)i; Juan Sforza, Julián Fernandez, Ramiro Sordo (Justo Giani) e Nicolas Castro (Fernando Belluschi); Cingolani (Brian Aguirre) e Cristaldo (Alexis Rodriguez). Técnico: Germán Burgos.

Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu (Arnaldo), Nathan, Éder e Natanael (Igor Carius); Willian Maranhão, Marlon Freitas e André Luis (Matheus Oliveira); Danilo Gomes (Pablo Dyego), Zé Roberto e Janderson. Técnico: Eduardo Souza

Veja Também