Com menor investimento e reformulação no elenco, Aparecidense se prepara para a Série D

Postado em: 03-06-2021 às 09h15
Por: Felipe André
Thiago Carvalho estreou no comando da Aparecidense no início da Série D de 2020 | Foto: Nicolle Mendes/Aparecidense

Após bater na trave pelo acesso para a Série C na última temporada, a Aparecidense está de volta à quarta divisão e estreia neste fim de semana. O Camaleão vai enfrentar o Nova Mutum-MT neste domingo (6), às 16h (horário de Brasília), no estádio Annibal Batista de Toledo, mas vai ter uma dificuldade maior do que em 2020: o aporte financeiro. 

Com menor investimento em relação aos patrocinadores e apoio da Prefeitura de Aparecida, o clube perdeu 14 jogadores após o término do Campeonato Goiano. Após a eliminação na semifinal para o Vila Nova, os seguintes atletas se despediram: Alex Henrique, Albano, Tony, Washington, Alisson Taddei, Raphael Soares, Bessa, Renato, Ricardo Lima, Cardoso, Lorenzi, Uederson, Matheus Barros e Vitinho.

“Teoricamente a nossa chave é a mais difícil, na minha opinião. Gama e Brasiliense eles investem bastante, são times com grande poder financeiro e que montam times com muita qualidade. Acredito que isso deixa o grupo mais forte na teoria, no ano passado foi atípico, muito equilibrado e neste ano acho que várias equipes vem com poder financeiro menor, inclusive a Aparecidense”, destacou Thiago Carvalho, treinador da Aparecidense.

As principais ausências foram Albano e Alex Henrique, que deixaram o clube para disputar a Série B, pelo Goiás e Confiança-SE respectivamente. Para reformular o elenco, a Aparecidense acertou a chegada de 13 jogadores: Weverton, Márcio Vitor, Rafael Goiano, Rodrigues, Da Silva, Vanderley, Filipe Trindade, David, Marinho, Elias, Caio Mascarenhas, Leo Teles e Lelo.

“Vamos começar o campeonato com um pouco mais de dificuldade e isso pode trazer um início complicado, mas espero que a gente com o trabalho possamos chegar forte, montar um time competitivo e almejar esse acesso. Ainda é um processo de reformulação, estamos correndo contra o tempo para evoluir o mais rápido possível, todos os jogadores chegando possam entender a maneira que eu gosto de jogar e acredito bastante que isso vá acontecer”, completou Thiago Carvalho.

No grupo A5 estão as seguintes equipes: Aparecidense, Brasiliense, Gama, Goianésia, Jaraguá, Nova Mutum-MT, Porto Velho-RO e União-MT. Na primeira fase avançam quatro equipes para a fase de mata-mata.

Compartilhe: