Pintado projeta crescimento da equipe na Série B e afirma após goleada: “Fomos melhores no jogo”

Postado em: 23-06-2021 às 10h30
Por: Victor Pimenta
Treinador orientou Apodi antes de gol que iniciou vitória esmeraldina diante dos catarinenses | foto: Afonso Cardoso

O Goiás recuperou da última derrota e nesta última terça-feira (22), goleou a equipe do Avaí por 3 a 0 na Serrinha, mostrou o bom futebol e de quebra assumiu a vice-liderança da Série B.

O time que vinha mostrando bastante intensidade no primeiro tempo e caindo de rendimento na segunda etapa, na partida diante do Avaí a equipe equilibrou os dois tempos e soube tirar proveito do rival no 3 a 0 que fez a equipe retornar ao G-4.

“O Goiás fez um jogo de imposição, foi melhor o jogo todo e ainda continuamos com alguns erros que precisamos consertar. Essa equipe vai crescer e eu não tenho dúvida nenhuma disso, a gente vai oscilar e teremos momentos difíceis antes dos jogos e espero que a gente tenha paciência e compre a ação. Precisamos de tempo para treinar e consertar as dificuldades que nós temos”, disse Pintado.

Na partida o coletivo prevaleceu, mas em destaque alguns jogadores contribuíram com o individualismo, que foram o caso do goleiro Tadeu, do volante Breno e dos autores dos gols: Apodi, Bruno Mezenga e Caio Vinícius. O último mostrou versatilidade e fez um gol de cabeça em uma jogada bastante treinada na equipe esmeraldina.

“O nosso elenco oferece essa possibilidade. Temos jogadas ensaiadas e o Apodi não aprendeu todas elas porque não temos tempo para treinar e essas informações são muito importantes. A bola parada mais uma vez hoje foi importante e temos treinado isso no pouco tempo que a gente tem e que os atletas compreendem que tem que ir para o sacrifício e repito que teremos momentos difíceis, mas a tendência de crescermos é muito grande e somos uma equipe forte e isso já está provado e provamos hoje”, ressaltou o comandante esmeraldino.

A próxima rodada do Goiás na Série B é o clássico diante do Vila Nova, fora de casa. Apesar da equipe ser mandante, o fato do jogo ser em Goiânia irá ajudar ainda mais o time esmeraldino a descansar tendo em vista as últimas partidas em que se desgastou com viagens. Além do mais, Pintado terá mais tempo de treinar a equipe e consertar os erros visando a vitória e seguir no G-4.

“Sempre é importante vencer, principalmente jogando em casa e uma vitória como essa da confiança e os adversários também começam a nos respeitar mais e esse é o tamanho do Goiás que nós queremos e é o tamanho de uma equipe competitiva que iremos trabalhar. Vencer antes do clássico é muito importante, vamos para um jogo que tem um peso, tem uma história. Clássico trabalhei em alguns, sei da importância, do emocional, sei o quanto vale, mas nós temos ambições maiores do que somente vencer um clássico”, falou o treinador.

Se por um lado o Goiás briga na parte de cima e pelo acesso, o rival de sexta, o Vila Nova vem de um mal momento e se encontra em situação delicada, próximo da zona de rebaixamento. Perguntado se a equipe entra como favorita na partida, ele respondeu. “A gente sempre tem obrigação de ganhar, seja contra qualquer adversário e seja em qualquer lugar e isso desde que eu cheguei, eu tenho falado isso e vamos tentar jogar da mesma maneira contra qualquer adversário, temos condições e temos trabalho para isso e o clássico para nós sim, iremos para o jogo, tentar jogar, não vamos esperar, tentar fazer e jogar com a gente vem jogando”, pontuou Pintado.

Compartilhe: