Fora de casa, Atlético-GO quebra sequência ruim e vence o Grêmio

Após duas derrotas seguidas, o Atlético Goianiense voltou a vencer na Série A. O rubro-negro bateu o Grêmio na noite deste domingo

Postado em: 04-07-2021 às 22h23
Por: Felipe André
Dudu e Oliveira marcando Ferreira durante a vitória do Atlético-GO na Arena do Grêmio | Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Após duas derrotas seguidas, o Atlético Goianiense voltou a vencer na Série A. O rubro-negro bateu o Grêmio na noite deste domingo (4/7), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS. O placar ficou em 1 a 0 para os goianos e o único gol da partida foi feito pelo atacante Lucão, o primeiro dele com a camisa do rubro-negro. Com o resultado, o Dragão chega aos 13 pontos na competição, enquanto o Tricolor permanece com apenas três e na lanterna.

Atlético Goianiense e Grêmio entraram em campo em momentos ruins. O rubro-negro goiano com duas derrotas consecutivas, contou ainda com as ausências de João Paulo, Ronald, Natanael e Janderson, além de ter perdido Nathan Silva, que retornou ao Atlético-MG. Os gaúchos, por sua vez, abriram a rodada sem ter vencido e com o treinador Tiago Nunes pressionado pela torcida nas redes sociais, que ao longo da última semana resultaram em protestos no CT do clube.

Em campo, apenas o Atlético-GO mostrou mudanças concretas. Eduardo Barroca voltou a utilizar três atacantes de origem, deslocou Arthur Gomes para a posição de origem e promoveu as entradas de André Luis e Lucão, além de Gabriel Baralhas para fortalecer o meio-campo rubro-negro e deixar Marlon Freitas com a função de armar o jogo vindo de trás.

Continua após a publicidade

Dentro de campo, no primeiro tempo o que se pode ver foram duas equipes que necessitavam da vitória. Ambos tiveram uma grande oportunidade e que se não fosse pelas intervenções de Fernando Miguel e Brenno, o zero teria saído do placar. A primeira chance foi do Grêmio, após cruzamento de Douglas Costa, a bola sobrou para Pedro Geromel que ‘encheu o pé’, mas o goleiro atleticano tocou com a ponta dos dedos e mandou para escanteio.

O Grêmio desde o começo da partida não fez a tradicional marcação na saída de bola e deixava o Atlético-GO trabalhar no primeiro terço de campo. O rubro-negro foi ganhando confiança e contou com as boas participações de André Luis e Arthur Gomes pelas pontas, o último inclusive encontrou Lucão sozinho na pequena área, o centroavante cabeceou em direção ao chão, mas parou na grande defesa de Brenno, goleiro convocado para a disputa das Olimpíadas de Tóquio pela Seleção Brasileira.

Na segunda etapa, a pressão aumentou para os gremistas, que mesmo em casa seguiram errando bastante na marcação e o Atlético-GO aproveitou. Após lançamento de Arthur Gomes para Dudu, o jogador ex-Internacional, com um toque deixou Diogo Barbosa para trás e tocou rasteiro para Lucão, o centroavante então de primeira abriu o placar para os visitantes e marcou o seu primeiro gol com a camisa do rubro-negro, justamente quando foi escolhido para começar a partida.

O Grêmio então, atrás do placar, se lançou para o ataque da maneira que conseguiu. A torcida gremista soltou fogos para informar aos atletas que estava presente. Diego Souza, Jean Pyerre, Alisson e outros tentaram furar a defesa atleticana, mas não passaram por Fernando Miguel. No campo de ataque, o Atlético-GO segurou a bola enquanto conseguia no campo de ataque para ganhar tempo e aliviar o sistema defensivo. Os mandantes bem que tentaram, mas não conseguiram empatar.

Na próxima rodada, o Atlético Goianiense volta para Goiânia e vai atuar no estádio Antônio Accioly. O rubro-negro recebe o Sport nesta quarta-feira (7), às 19h15 (horário de Brasília). O Grêmio, por sua vez, entra em campo no mesmo dia, mas às 19h, para enfrentar o Palmeiras, no Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA; Grêmio 0x1 Atlético-GO; Data: 4 de julho, 2021; Horário: 20h30 (de Brasília); Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS; Árbitro: Marielson Alves Silva (BA); Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA); VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ); Gol: Lucão (ACG)

Grêmio: Brenno; Rafinha, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa (Léo Chú); Victor Bobsin, Matheus Henrique (Alisson) e Jean Pyerre; Ferreira (Ricardinho), Douglas Costa e Diego Souza. Técnico: Tiago Nunes

Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu, Oliveira, Éder e Igor Cariús; Willian Maranhão, Marlon Freitas e Gabriel Baralhas; Arthur Gomes (Pablo Dyego), Lucão (Zé Roberto) e André Luís (Arnaldo). Técnico: Eduardo Barroca

Veja Também