Werley lamenta meses parado, mas destaca ajuda do Atlético-GO

Acertado em junho, anunciado em julho e só liberado para estrear no fim de agosto, essa é a curta trajetória do zagueiro

Postado em: 26-08-2021 às 19h18
Por: Felipe André
Sem disputar um jogo oficial desde janeiro de 2021, Werley foi relacionado e está à disposição de Eduardo Barroca | Foto: Bruno Corsino/ACG

Acertado em junho, anunciado em julho e só liberado para estrear no fim de agosto, essa é a curta trajetória do zagueiro Werley, de 32 anos. O experiente reforço para o sistema defensivo do Atlético Goianiense foi relacionado contra a Chapecoense, mas não saiu do banco de reservas, mas só foi liberado para ser relacionado por Eduardo Barroca após muito tempo de trabalho, já que se passaram sete meses desde o último jogo oficial do atleta.

Werley ainda não jogou pela temporada de 2021. O último jogo do zagueiro aconteceu no dia 23 de janeiro, pelo Vasco da Gama na 32ª rodada da Série A. Desde então, o defensor entrou em um litígio com a equipe carioca, ficou meses e meses sem receber e buscou a rescisão contratual na justiça junto ao clube onde chegou em 2018 e ficou por três anos.

“Infelizmente eu tinha contrato com o Vasco, depois que terminou o campeonato aconteceu algumas situações chatas, que impossibilitaram que eu pudesse jogar. Continuei treinando, depois não chegamos em um acordo, precisei ir buscar os meus direitos, fui para casa, mas continuei treinando até conseguir a minha liberação para ficar disponível para um clube”, revelou o zagueiro Werley.

Continua após a publicidade

Mais de dois meses em Goiânia apenas treinando, Werley agora está à disposição para o sistema defensivo do Atlético-GO. O experiente jogador, que já atuou em clubes como: Atlético Mineiro, Grêmio, Santos, Coritiba, entre outros, vai disputar posição com Éder, Oliveira, Wanderson, Michel e Pedro Henrique, que será oficializado em breve pelo clube.

“A gente sabe que o ritmo de jogo só ganha atuando, mas estou muito bem treinado, o Atlético-GO me deu todas as condições possíveis para eu me preparar, para ficar disponível para o treinador. Hoje eu me sinto apto para jogar. É claro que com a sequência de jogos a tendência é melhorar, mas acredito que não vai atrapalhar (o restante da temporada). O atleta tem que sofrer no dia a dia nos treinamentos para ‘sobrar’ nos jogos, eu tenho feito vários trabalhos e acredito que vou poder render bem fisicamente”, completou Werley.

O Atlético Goianiense volta aos gramados neste domingo (29/8). O rubro-negro enfrenta o Internacional, às 18h15 (horário de Brasília), no estádio Antônio Accioly. O duelo é válido pela 18ª rodada.

Veja Também