Alfa Romeo confirma contratação de Bottas para 2022 e disputa aumenta em outras equipes

A onda de mudanças no grid de pilotos, que havia passado intacta durante as férias, começou a ser movimentada ontem. A Alfa

Postado em: 06-09-2021 às 18h02
Por: Felipe André
Após ser piloto da Mercedes e ajudar Hamilton nas conquistas dos últimos anos, Bottas assina com a Alfa Romeo para ser o principal nome | Foto: S.Etherington

A onda de mudanças no grid de pilotos, que havia passado intacta durante as férias, começou a ser movimentada ontem. A Alfa Romeo confirmou a contratação do piloto Valtteri Bottas para a próxima temporada, ele chega para substituir Kimi Raikkonen que vai se aposentar. O finlandês é o atual terceiro colocado no mundial de pilotos e foi o companheiro de Lewis Hamilton nos últimos anos, ajudando o britânico e a companhia a serem campeões.

“Um novo capítulo em minha carreira está começando. Estou animado por me juntar à Alfa Romeo em 2022 e além para o que será um novo desafio com uma montadora icônica. A Alfa Romeo é uma marca que não precisa de introduções, eles escreveram algumas das grandes páginas da história da F1 e será uma honra representá-los”, disse Bottas que não teve a duração do contrato revelado.

A confirmação de Bottas na Alfa Romeo deve desencadear outras mudanças dentro da categoria para a próxima temporada. A primeira será a de seu substituto na Mercedes, que tudo aponta para o britânico George Russell, piloto da Williams. Com sua saída, Alex Albon, atual piloto reserva da Red Bull, deve ocupar o carro deixado por George. 

Continua após a publicidade

Além destes nomes, a própria Alfa Romeo deve mudar o seu segundo piloto. Além do próprio italiano Antônio Giovinazzi, outros quatro nomes despontam como possíveis parceiros de Valtteri Bottas: Alexander Albon, Nico Hulkenberg, Nyck de Vries e Théo Pourchaire. O nome mais forte é o do holandês campeão da Fórmula E em 2020-21, por ter estado várias vezes com o chefe da escuderia Frédéric Vasseur. O tailandês ex-Red Bull está mais inclinado à Williams e a Ferrari faz força nos bastidores pela continuidade do italiano, enquanto Théo corre por fora na disputa.

Bottas encara sua temporada mais difícil pela Mercedes. Na terceira colocação do campeonato, ele está há 20 corridas sem vencer na F1 e foi terceiro na prova deste domingo, no GP da Holanda, vencida por Max Verstappen. No próximo final de semana teremos o GP de Monza, na Itália.

Veja Também