Com gol de Clayton, Vila Nova bate o Náutico e chega à segunda vitória consecutiva no OBA

Postado em: 11-09-2021 às 00h18
Por: Breno Modesto
No OBA, o Vila Nova bateu o Náutico por 1 a 0 | Foto: Afonso Cardoso

O Vila Nova conquistou sua segunda vitória consecutiva no Estádio Onésio Brasileiro. Em jogo válido pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o time comandado pelo técnico interino Higo Magalhães bateu o Náutico por 1 a 0, nesta sexta-feira (10). O único gol da partida foi marcado pelo atacante Clayton, no finalzinho do primeiro tempo.

Com o resultado, o Tigre chega aos 26 pontos e sobe para a 14ª posição na tabela de classificação da Segundona.

O jogo

A partida no OBA começou num ritmo mais lento, com as duas equipes se estudando bastante. A primeira chegada aconteceu aos cinco, quando Alesson foi mais esperto que a defesa pernambucana, que cobrou um lateral nos pés do camisa 11, que disparou a bomba. Sem muitos sustos, o Alex Alves encaixou e ficou com a bola.

Na marca de 18 minutos, o goleiro Georgemy fez uma das defesas mais bonitas da noite. O volante Djavan aproveitou a sobra de um lateral pela esquerda e encheu o pé, buscando o ângulo do arqueiro vilanovense, que precisou se esticar todo para fazer uma ponte e evitar que o Timbu pulasse na frente.

O Tigre voltou a aparecer em dois lances seguidos. O primeiro, aos 20, quando Arthur Rezende arriscou de fora da área. Porém, o chute sem forças acabou ficando com Alex Alves. E depois, com 23, após um escanteio no primeiro pau cobrado pelo próprio camisa 8, que colocou na cabeça de Rafael Donato. O zagueirão subiu mais alto que a defesa dos visitantes e cabeceou firme. A finalização passou com perigo.

A “temperatura” do confronto esfriou após tais chegadas e só voltou a esquentar no finalzinho da primeira etapa, quando o Colorado conseguiu tirar o zero do placar. Aos 47, Clayton foi lançado em profundidade e viu a zaga do Timbu, pedindo impedimento, ficar parada. O centroavante se aproveitou, partiu em disparada e, de frente para o gol, não perdoou. Mandou no cantinho de Alex Alves.

Na etapa complementar, as equipes demoraram a chegar ao ataque com perigo. O primeiro grande momento veio somente aos 24 minutos, quando Arthur Rezende, em cobrança de escanteio, assutou Alex Alves. Num levantamento bem fechado, a bola cobrada pelo volante passou, sem desvio, muito próxima ao gol alvirrubro.

A tensão pelo resultado positivo deixou o clima quente no OBA, com as equipes truncando bastante o duelo e fazendo muitas faltas. Porém, sem nenhuma grande finalização.

Ficha técnica


Vila Nova 1×0 Náutico


Data: 10 de setembro de 2021


Horário: 21h30


Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO)

Gol: Clayton (47’/1T) – VIL

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)


Assistentes: Lehi Sousa Silva (DF) e Lucas Costa Modesto (DF)


VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Vila Nova: Georgemy; Moacir, Rafael Donato, Renato e Bruno Collaço; Dudu, Pedro Bambu (Renan Mota) e Arthur Rezende (Alan Grafite); Kelvin (Nico Maná), Clayton (Tiago Real) e Alesson (Willian Formiga).


Técnico: Higo Magalhães

Náutico: Alex Alves; Hereda (Giovanny), Rafael Ribeiro, Camutanga e Bryan; Djavan (Matheus Trindade), Rhaldney (Juninho Carpina), Luiz Henrique (Thássio) e Jean Carlos; Vinicius e Paiva (Álvaro).


Técnico: Marcelo Chamusca

Compartilhe: