Marcelo Cabo mantém tranquilidade mesmo com sequência positiva: “Pé no chão e trabalho”

Postado em: 12-09-2021 às 14h58
Por: Victor Pimenta
Treinador elogiou excelente atuação de goleiro Tadeu que contribuiu com boas defesas na vitória sobre o CRB | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás

O Goiás venceu no último sábado (11), o confronto direto diante do CRB por 1 a 0, e voltou ao segundo lugar da Série B, estando somente três pontos atrás do Coritiba, mas com duas vitórias a menos. A partida diante dos alagoanos não só valia os três pontos, mas o confronto direto garantiu que a equipe permanecesse mais uma rodada no G-4 da competição.

“A gente busca um mecanismo para cada jogo. A gente tem uma plataforma de jogo bem definido, umas variações táticas, porém tivemos muitas dificuldades com as ausências do Apodi, do Manga e pelas características do CRB. Eles são um time que estavam invictos a mais de dez jogos no Rei Pelé. Tinham um jogo muito forte pelo lado do campo e uma frente com um articulador que era o Diego Torres. Trabalhei bastante para que eu pudesse anular essas peças e quando tivesse a bola é para que a gente jogasse. Optei por marcar o tiro de meta pressão para que eles não pudessem construir o jogo e depois e permitisse que liberassem o espaço para finalizarmos. Acabou dando certo”, analisou Marcelo Cabo.

Os três pontos não só alegraram a comissão técnica e os jogadores após o apito final, mas também os torcedores esmeraldinos que ficaram eufóricos após a vitória, já pensando até mesmo no acesso. Mesmo sendo conhecedor da competição, onde já foi campeão e conseguiu outros acessos, Marcelo Cabo é bastante pé no chão em relação a isso.

“Sou um profissional que estou acostumado com essa competição de pontos corridos e volto a falar e não é porque hoje temos quarenta e dois pontos, nove jogos de invencibilidade, tivemos uma vitória expressiva fora de casa diante de um adversário que estava invicto fora de casa que iremos ter esse tipo de euforia. Isso a gente deixa essa celebração com o nosso torcedor. Ainda falta muito e temos muita estrada pela frente. Trabalhar, pé no chão, silêncio e trabalho, porque vimos em outros anos que se não tivemos atento a tudo, os detalhes podem nos dar o acesso, como também podem tirar ele”, disse o treinador.

Apesar do único gol da vitória sobre o CRB ter saído dos pés do meia Élvis, a atuação de Tadeu também chamou muita atenção por mostrar a tamanha qualidade das defesas do goleiro que foi um dos destaques na Série A por dois anos e atualmente é o goleiro menos vazado, entre os titulares, na Série B de 2021.

“É o velho jargão do futebol: uma grande equipe começa com um grande goleiro. Nós temos um grande goleiro. O que mais me deixa alegre ao entrar no vestiário é ver a alegria e a felicidade do Tadeu, o olho dele brilhando e ele fez uma defesa espetacular no final do jogo que garantiu o nosso resultado. É isso ai, uma equipe sólida, uma equipe comprometida e o Tadeu está muito feliz. É um líder, que tem um dia-a-dia maravilhoso, uma liderança muito boa dentro do clube e para você conquistar um acesso ou buscar um título dentro de uma divisão, você precisa de um grande goleiro e nisso o Tadeu é espetacular”, finalizou o técnico esmeraldino elogiando o desempenho de seu atleta.

A próxima partida do Goiás acontece somente no próximo sábado (18), quando recebem o Brasil de Pelotas, atualmente vice-lanterna, às 19 horas, no estádio Hailé Pinheiro.

Compartilhe: