Oito jogos abrem fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa

Postado em: 13-09-2021 às 21h31
Por: Breno Modesto
Atual campeão, o Chelsea se reforçou com o atacante Lukaku para buscar o bicampeonato | Foto: UEFA

A espera acabou. Depois de três meses e meio, a maior competição de clubes está de volta. Na tarde desta terça-feira (14), a bola volta a rolar pela Liga dos Campeões da Europa. Atual campeão, o Chelsea será um dos primeiros a entrar em campo. Às 16h (de Brasília), em seu estádio, o Stamford Bridge, o time comandado pelo alemão Thomas Tuchel inicia sua caminhada na busca pelo bicampeonato do torneio. O adversário dos Blues será o Zenit, da Rússia. O destaque fica por conta do atacante belga Lukaku, que está de volta ao time londrino depois de oito anos.

O início da rodada desta terça-feira (14) está marcado para às 13h45 (de Brasília). Os dois primeiros jogos do dia serão entre Sevilla e Red Bull Salzburg, no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, na Espanha, e Young Boys e Manchester United, que acontecerá no Stade de Suisse, na Suíça. A partida em Berna marcará a reestreia de Cristiano Ronaldo, maior artilheiro da história da Liga dos Campeões, com 134 gols marcados, com a camisa dos Red Devils na competição. Sua última partida pelo United na Liga dos Campeões foi a fatídica derrota para o Barcelona, de Lionel Messi, na temporada 2008/09.

Já às 16h (de Brasília), o principal duelo será entre Barcelona e Bayern de Munique. As equipes voltam a se enfrentar 13 meses após a sonora goleada de 8 a 2 aplicada pelos alemães ao time catalão, pelas quartas de finais da Liga dos Campeões da temporada 2019/20. Sem Messi e Griezmann, que deixaram a equipe na última janela de transferências, o trunfo do Barça deve ser o brasileiro Philippe Coutinho, que está recuperado de lesão. 

Dínamo de Kiev e Benfica, no Estádio Olímpico de Kiev, Villarreal e Atalanta, no El Madrigal, Lille e Wolfsburg, no Pierre-Mauroy, e Malmö e Juventus, no Malmö Stadion, completam os confrontos do dia. Além de não ter mais o astro CR7 em seu elenco, a Velha Senhora irá até a Suécia sem o brasileiro Kaio Jorge, que se recupera de uma lesão muscular.

Compartilhe: