Na zona de classificação para a Sul-Americana, mas próximo do Z4, meia vê “Série A embolada”

Uma sequência de bons resultados pode salvar uma equipe do rebaixamento ou colocar ela por uma briga seja pelo título ou por

Postado em: 23-09-2021 às 19h06
Por: Felipe André
João Paulo, que retorna após cumprir suspensão, destaca a importância de uma sequência positiva na Série A | Foto: Bruno Corsino/ACG

Uma sequência de bons resultados pode salvar uma equipe do rebaixamento ou colocar ela por uma briga seja pelo título ou por uma competição internacional. Sendo assim, resultados ruins podem aproximar um time da zona de rebaixamento e é justamente o que aconteceu com o Atlético Goianiense. Sem vencer nos últimos quatro jogos, com três empates uma derrota, o rubro-negro está a apenas três pontos do Juventude, o 17º colocado.

Ao se olhar a tabela de classificação da Série A, duas possibilidades podem ser observadas. Se decidir ver as colocações, o Atlético Goianiense atualmente ocupa o 11º lugar, o que atualmente lhe garante uma classificação para a Copa Sul-Americana, o que seria a terceira participação da história do clube. Agora quando o assunto são pontos, foram 26 conquistados, contra 23 do Juventude.

“É como eu sempre frisei nas minhas coletivas, o campeonato é uma competição extremamente difícil e não existe jogo fácil. Nós sabemos da dificuldade, mas também estamos cientes da nossa qualidade, nosso potencial e onde podemos chegar. A Série A está muito embolada, de uma forma que se você vence uma partida vai para o G7, se perder encosta no Z4. Estamos focados em fazer grandes duelos e conseguir vitórias importantes para o restante do torneio”, analisou o meio-campista João Paulo.

Continua após a publicidade

A sequência de resultados ruins colocou o Atlético Goianiense nesse meio termo dentro da Série A. Na última vitória do rubro-negro, quando bateu de virada o Bahia na 16ª rodada, o time goiano naquele momento tinha aberto oito pontos em relação ao Sport, que era o 17º colocado, e já se encontrava em uma posição que o poderia colocar na Libertadores, dependendo de como a Copa do Brasil e a própria competição continental irá acabar.

Com os três empates consecutivos e a derrota no último final de semana para o São Paulo, a sétima colocação é ocupada agora pelo Internacional que vem de três vitórias e dois empates nos últimos cinco jogos.

Veja Também