Após vencer clássico, Vila Nova tem o Operário-PR pela frente e treinador espera por mais um jogo complicado

Quatro dias após derrotar o maior rival e dar uma respirada na luta contra o rebaixamento à Série C, o Vila Nova volta a campo pela Série B.

Postado em: 28-09-2021 às 07h23
Por: Breno Modesto
Para enfrentar o Fantasmas, o Tigre deve ter a mesma escalação que venceu o Goiás | Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC

Quatro dias após derrotar o maior rival e dar uma respirada na luta contra o rebaixamento à Série C, o Vila Nova volta a campo pela Série B. Nesta terça-feira (28), o time comandado pelo técnico interino Higo Magalhães recebe o Operário-PR, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga.

Depois do triunfo diante do Esmeraldino, o comandante vilanovense acredita que sua equipe terá ainda mais responsabilidade no duelo diante do Fantasma, em casa. Diante disso, Higo garante que seus comandados têm o entendimento de que a competição será assim, com muita pressão, até o seu fim.

“Nós estamos numa margem de pontuação, dentro da competição, que nos afirma que foi muito bom ganhar o clássico (contra o Goiás), que é sempre diferente e nos trouxe um pouco mais de tranquilidade, mas a nossa responsabilidade aumentou para esse jogo em casa (diante do Operário-PR). Criou-se uma expectativa enorme. E nós sabemos o quanto a Série B é difícil. Na rodada passada, o Confiança derrotou o Operário-PR. E eles já estão sem vencer há alguns jogos e vão tentar fazer o máximo aqui em Goiânia para conseguir o resultado. Temos a responsabilidade de tentar dar sequência em termos de resultados. Mas nosso grupo está mobilizado e entendo que a competição vai ser assim até o final. Não tem jogo fácil” 

Continua após a publicidade

Assim como aconteceu na Serrinha, na última sexta-feira (24), até 2300 torcedores poderão comparecer ao OBA. Os ingressos para o confronto estão à venda desde sábado (25). Além disso, o Colorado firmou uma parceria com um laboratório de Goiânia, que diminuiu o preço de seus testes para Covid-19 para que os torcedores vilanovenses compareçam à partida. 

Operário-PR

O Fantasma chega para o duelo diante do Tigre com um incômodo jejum. Nas últimas seis vezes em que entrou em campo pela competição nacional, foram quatro derrotas e dois empates. O último triunfo do Operário-PR aconteceu no dia 21 de agosto, quando o time comandado por Matheus Costa derrotou o Vasco por 2 a 0. Apesar do péssimo momento, a equipe paranaense está distante da zona de rebaixamento. Com 34 pontos conquistados, a diferença para o Z4 é, atualmente, de oito pontos.

Retrospecto

O confronto desta terça-feira (28) será apenas o quarto da história entre Vila Nova e Operário-PR. Até aqui, nos três duelos anteriores, equilíbrio total. Cada equipe conseguiu triunfar uma vez. Além disso, empataram em outra oportunidade. A vitória colorada veio no último encontro entre os clubes, no primeiro turno da atual edição da Série B do Campeonato Brasileiro, quando o Tigre venceu, no Paraná, por 2 a 1, com gols de Arthur Rezende e Alesson, que devem iniciar como titulares na partida desta noite.

Ficha técnica


Vila Nova x Operário-PR


Data: 28 de setembro de 2021


Horário: 21h30


Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO)

Árbitro: Rodrigo José Pereira de Lima (PE)


Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)


VAR: José Cláudio Rocha Filho (FIFA/SP)

Vila Nova: Georgemy; Moacir, Rafael Donato, Renato e Willian Formiga; Deivid, Dudu e Arthur Rezende; Kelvin, Clayton e Alesson.


Técnico: Higo Magalhães

Operário-PR: Simão; Alex Silva, Fábio Alemão, Reniê e Djalma Silva; Leandro Vilela, Marcelo Oliveira e Alan (Rafael Longuine); Thomaz (Gustavo Coutinho), Paulo Sérgio e Rafael Oller.


Técnico: Matheus Costa

Veja Também