Do atual elenco, apenas sete jogadores já atuaram com a torcida atleticana

A contagem regressiva das torcidas dos clubes da primeira divisão está chegando ao fim para retornarem ao estádio. Com a exceção dos

Postado em: 29-09-2021 às 18h39
Por: Felipe André
Sem ser relacionado nos últimos jogos, Kozlinski era o titular do Atlético-GO no último jogo com a presença da torcida | Foto: Paulo Marcos/ACG

A contagem regressiva das torcidas dos clubes da primeira divisão está chegando ao fim para retornarem ao estádio. Com a exceção dos clubes que disputam a Libertadores ou a Sul-Americana, que possuem a liberação da Conmebol, muitos times que estão apenas na Série A vão voltar a contar com público neste final de semana. No caso do Atlético Goianiense, neste sábado (2/10), vai enfrentar o Fortaleza, mas fora de casa, na Arena Castelão-CE.

“Claro, é um ânimo a mais (presença da torcida). A gente sabe que passou muito tempo por conta da Covid-19, todos os atletas gostam desses jogos com estádio lotado, principalmente na próxima quarta-feira quando estivermos diante do nosso torcedor com energia positiva, eles vão estar nos apoiando. Contra o Fortaleza também já terá torcida, mas é uma situação diferente para nós que estamos há mais de um ano sem torcida. Jogador quer estádio lotado, seja a favor ou contra”, disse o lateral-esquerdo Igor Cariús.

Na próxima semana, será a vez da torcida do Atlético Goianiense voltar a estar presente em um estádio. O duelo contra o Athletico Paranaense acontece na próxima quarta-feira (6), às 19h (horário de Brasília), no Antônio Accioly. O último confronto com a presença de torcedores foi no dia 11 de março de 2020, contra o São José-RS, pela Copa do Brasil, mas no estádio Olímpico, já que o “Castelo do Dragão” estava passando por reformas.

Continua após a publicidade

Em quase 1 ano e sete meses entre estes dois jogos, muita coisa mudou e principalmente dentro do elenco do Atlético Goianiense. No atual grupo que será comandado por Eduardo Souza no final de semana, apenas sete atletas já atuaram com a presença da torcida atleticana, sendo que um destes foi em outra cidade.

Maurício Kozlinski, Oliveira, Éder, Dudu, Marlon Freitas, João Paulo e Zé Roberto. O atacante que defendeu o clube em uma partida em 2019 enfrentou o Grêmio Anápolis e tinha torcida atleticana presente no estádio Jonas Duarte, mas era como visitante. O atual camisa 10 só teve público na primeira passagem dele, em 2018, já que quando retornou para esta temporada, os jogos estavam acontecendo com portões fechados por conta da pandemia.

Destes nomes, Kozlinski vive situação mais complicada dentro do elenco. Com a contratação de Fernando Miguel, o experiente goleiro assumiu a titularidade e mais recentemente Luan Polli assinou com o Atlético-GO e desde então, Maurício não foi mais relacionado. Marlon Freitas voltou recentemente aos treinamentos e em breve pode voltar aos gramados, os outros nomes estão à disposição da comissão técnica.

Veja Também