André Krobel é apresentado pelo Colorado

Contratado por empréstimo, junto ao Tombense, de Minas Gerais, André Krobel retorna ao Estado de Goiás depois de três anos. Em 2018, ele defendeu as cores do Iporá, no Campeonato Goiano, e do Goiás, na Série B do Campeonato Brasileiro.

Postado em: 30-09-2021 às 15h59
Por: Breno Modesto
Depois de três anos, o lateral-direito André Krobel retorna ao futebol goiano. Desta vez, para atuar pelo Vila Nova | Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC

Apesar de ainda não ter sido anunciado de forma oficial e nem ter entrado em campo, como os atacantes Diego Tavares e Rafael Silva, o lateral-direito André Krobel, de 26 anos, foi apresentado pelo Vila Nova. Contratado por empréstimo, junto ao Tombense, de Minas Gerais, o defensor retorna ao Estado de Goiás depois de três anos. Em 2018, ele defendeu as cores do Iporá, no Campeonato Goiano, e do Goiás, na Série B do Campeonato Brasileiro.

Agora, no Tigre, o jogador não esconde a felicidade em poder fazer parte do elenco comandado pelo técnico interino Higo Magalhães. Na visão de Krobel, é preciso manter o foco no principal objetivo colorado para a Segundona, que é a permanência na segunda divisão.

“Em 2018, acabei tendo uma oportunidade muito boa de ir do Iporá para o Goiás. Acabei tendo poucas oportunidades no Goiás, mas tive a felicidade de fazer parte do grupo do acesso (à primeira divisão). Mas isso é página virada. Agora, eu sou jogador do Vila Nova e  fico muito feliz por poder fazer parte do elenco. Teremos de manter o foco até o final do campeonato (Brasileiro da Série B) para atingirmos nosso objetivo principal. E, no que precisarem de mim, vou estar disponível”, disse André Krobel.

Continua após a publicidade

André entrou em campo pela última vez há pouco mais de uma semana, quando o Figueirense encerrou sua participação na Série C do Campeonato Brasileiro. De acordo com o atleta, ele chega ao Colorado numa condição física ideal para fazer sua estreia assim que Higo Magalhães optar.

“Eu estava jogando. No Figueirense, eu já vinha numa sequência boa de trabalho. E antes de vir para o Vila Nova, enquanto não a negociação não se concretizava, eu continuei treinando. Mantive o trabalho firme. Então, se o professor Higo (Magalhães) precisar de mim, eu estou à disposição dele”, finalizou Krobel.

Veja Também