Com torcida, Atlético-GO é derrotado pelo Athletico PR no Accioly e chega a 10 jogos sem vitória como mandante

O retorno da torcida não foi bem como o Atlético Goianiense planejava. O rubro-negro foi derrotado pelo Athletico Paranaense por 2 a

Postado em: 06-10-2021 às 20h56
Por: Felipe André
Marcinho comemorando, em frente a torcida, o primeiro gol na vitória do Athletico PR contra o Atlético-GO | Foto: Afonso Cardoso

O retorno da torcida não foi bem como o Atlético Goianiense planejava. O rubro-negro foi derrotado pelo Athletico Paranaense por 2 a 0, com gols de Marcinho e David Terans, na noite desta quarta-feira (6/10), no estádio Antônio Accioly. Com o resultado, o Dragão chegou ao décimo jogo consecutivo sem vencer como mandante e estacionou nos 30 pontos, enquanto o Furacão pulou para 33.

Uma longa demora, mas a torcida se fez presente novamente no estádio Antônio Accioly. Sendo o evento-teste, o clube disponibilizou apenas 1.500 ingressos. Dentro de campo, foi possível notar o apoio e os gritos de incentivo por parte do público. Para esse duelo, o treinador Eduardo Souza só teve um ausência, além dos lesionados Marlon Freitas e Toró, que foi o lateral-esquerdo Igor Cariús, que está suspenso, e com isso Natanael retornou a titularidade.

Como de praxe no duelo das duas equipes, um confronto no primeiro tempo bem equilibrado. Apesar disso, o Athletico Paranaense buscou o setor ofensivo e terminou os 45 minutos iniciais com o dobro de finalizações em relação ao time goiano. Mesmo com a presença da torcida, quem celebrou foi o time visitante, quando David Terans alçou bola na área e encontrou Marcinho, em velocidade, que cabeceou para abrir o placar. A bola ainda acertou o travessão antes de estufar as redes no Accioly.

Continua após a publicidade

Como o gol saiu nos minutos finais do primeiro tempo, o Atlético-GO até tentou acelerar a intensidade, mas nada que tivesse resultado no empate. Após o apito para iniciar o intervalo, foi possível notar vaias da arquibancada, assim como alguns gritos de apoio. Para o segundo tempo, o treinador Eduardo Souza optou por não realizar nenhuma alteração, além da conversa tradicional no vestiário.

A postura do Atlético-GO foi diferente no início do segundo tempo. Propondo o jogo, o time goiano pressionou o Athletico PR que aproveitou o espaço deixado e em uma jogada de transição ampliou o placar com David Terans, que estava se preparando para deixar o gramado. O uruguaio contou com uma “deixada” de Erick que desconcertou a zaga atleticana.

Com o placar ampliado, o Atlético-GO se mandou para o campo de ataque. Eduardo Souza abriu mão de um volante para a entrada de outro centroavante, mas se viu diante da zaga postada do Athletico Paranaense, que buscou desacelerar o jogo em todas as oportunidades e manteve o resultado até o apito final de Wagner do Nascimento Magalhães.

Na próxima rodada, o Atlético Goianiense inicia uma sequência de dois jogos como visitante, o primeiro deles será diante do Fluminense. O rubro-negro enfrenta, neste sábado (9), o time carioca às 16h30 (horário de Brasília), no estádio Maracanã. O Athletico PR, por sua vez, no mesmo dia, mas às 19h, vai receber o Bahia, na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA

Atlético-GO 0x2 Athletico PR

Data: 6 de outubro, 2021

Horário: 19h (de Brasília)

Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia-GO

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa/RJ)

Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Daniel do Espirito Santo Parro (RJ)

VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Gols: Marcinho e Terans (CAP)

Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu, Wanderson (Oliveira), Éder e Natanael; Willian Maranhão (Baralhas), Matheus Barbosa (Brian Montenegro) e João Paulo; Ronald, André Luis (Janderson) e Zé Roberto (Lucão). Técnico: Eduardo Souza

Athletico-PR: Santos; Pedro Henrique, Lucas Fasson e Zé Ivaldo; Marcinho (Khellven), Erick (Cittadini), Richard e Abner (Nicolas); Nikão, Terans (Pedro Rocha) e Bissoli (Renato Kayzer). Técnico: Alberto Valentim

Veja Também