Felipe Bastos analisa confrontos diretos dentro de casa: “Entramos com a concentração muito alta”

Postado em: 14-10-2021 às 18h08
Por: Victor Pimenta
Volante comentou também sobre o jogo desta sexta-feira, quando recebem o CSA, na Serrinha | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

Faltando apenas nove jogos para o fim da Série B, o Goiás tenta cada jogo mais se consolidar em uma competição tão disputada onde ainda não há nenhum time já garantido na Série A de 2022. Para buscar esse objetivo, o time esmeraldino entra em campo nesta sexta-feira (15), onde recebe o CSA, às 21h30, no estádio Hailé Pinheiro.

“É uma decisão. A gente sabe que é um jogo de seis pontos e jogo contra um time que acabou encostando no G-4. Sabemos da importância desse jogo para as nossas pretensões dentro da competição. É uma decisão das nove que teremos e já começa nesta sexta-feira. A primeira dessas nove que encararemos e que nos restam na Série B”, disse Fellipe Bastos.

Dos nove confrontos finais do Goiás nesta Série B, cinco são dentro de casa, mas quatro confrontos diretos na briga pelo acesso. O CSA é o primeiro, já nesta sexta-feira. Depois o time pega Botafogo, atual segundo lugar e Coritiba, líder, ambos na Serrinha. Por fim, o Guarani que também está na briga, porém, fora de casa.

“Você já entra com a concentração muito alta. Não que a gente não entre contra os clubes que não estão disputando (o acesso), mas sabendo que é uma decisão, que você perder, deixar pontos ali você não consegue chegar, e se o time tiver atrás, deixar pontos faz com que eles encostem. Que é o caso dessa sexta onde não podemos deixar pontos na nossa casa. Deixamos alguns pontos que estão fazendo falta para a gente. São nove decisões e a gente tem que conquistar o máximo de vitórias possíveis”, concluiu o volante.

Compartilhe: